Aracaju, 1 de agosto de 2021

DESEMPREGO PODE AUMENTAR, DIZ PRESIDENTE FIES

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em recente reunião com líderes sindicais, o Ministro da Fazenda Henrique Meirelles afirmou que a taxa de desemprego no Brasil pode fechar o ano em 14%. Para o Presidente do Conselho de Relações do Trabalho (CRT) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), Peterson Ferreira Barros, “o número de desempregados pode ficar muito acima do projetado ao final de ano se as centrais sindicais resistirem às reformas previdenciárias e trabalhistas”.

Para ele é urgente discutir a reforma previdenciária no Brasil, sem prejudicar garantias constitucionais, sendo fundamental eliminar excrescências do nosso sistema previdenciário para que se possa estancar o rombo previdenciário que aumenta mais e mais a cada ano, com consequências imediatas na trajetória e no custo das contas públicas. Segundo dados do IBGE atualmente existem oito pessoas em idade ativa para cada pessoa com 65 anos ou mais de idade no país. Para 2040, a projeção é que se tenha somente quatro pessoas.

Nas relações de trabalho, ele aponta que “o caminho é a negociação coletiva como forma de ajuste dos interesses entre sindicatos dos trabalhadores e as empresas ou sindicatos dos empregadores, propiciando adequar as condições de trabalho à dinâmica do mundo moderno e a realidades específicas”.

Outro tema importante que destravaria as implicadas relações de trabalho no país é a regulamentação da terceirização. Para Peterson, “é preciso eliminar do debate as questões ideológicas e focar nas questões atinentes aos benefícios que uma maior flexibilização das relações de trabalho trará ao país nesse momento difícil”.

UNICOM/FIES

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa