Aracaju, 2 de agosto de 2021

Machado e Maria do Carmo participam de entrega de certificados do Fundat (Foto: Fabiana Costa/Secom)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Nesta quarta-feira, 18, mais 19 turmas receberam certificados. Foram 345 feirantes e vendedores ambulantes que concluíram o curso de Manipulação de Alimentos e Segurança Alimentar oferecido pela Fundat em parceria com o Serviço Nacional do Comércio (Senac).

A solenidade de entrega contou com a participação do vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado, da secretária municipal da Família e Assistência Social, a senadora Maria do Carmo Alves, do vice-presidente do sistema Fecomércio em Sergipe, Hugo França, do diretor do Senac em Sergipe, Paulo Dias Filho, do diretor do Vigilância Municipal, Ávio Brito, e da presidente da Fundat, Gláucia Guerra.

O curso de Manipulação de Alimentos qualifica feirantes e vendedores de comidas típicas para que eles atendam às exigências previstas na legislação sanitária e ofereçam mais garantia de qualidade aos consumidores. A presidente da Fundat, Gláucia Guerra, destacou que, atualmente, ter o certificado do curso é condição imprescindível para venda de produtos em eventos públicos promovidos pela Prefeitura. “Para participar como vendedor no Forró Caju, somente com a comprovação de realização do curso”, enfatizou.

Gláucia também frisou sobre a gratuidade dos cursos ofertados pela Fundat. “Um curso como esse não sai por menos de R$ 100, mas foi uma exigência do prefeito João Alves Filho para que nós o oferecêssemos totalmente gratuito. Para isso, a parceria com o Senac foi fundamental”, destacou a presidente da Fundação.

A senadora e secretária da Família e Assistência Social, Maria do Carmo Alves, parabenizou os concluintes do curso e enalteceu a preocupação da Prefeitura com a qualificação profissional. “Quem for comprar os produtos oferecidos por essas pessoas saberá que todos foram preparados e seguem as regras como manda a boa culinária”, disse.

O vice-prefeito José Carlos Machado, que também é integrante do Conselho Administrativo da Fundat, afirmou que a administração municipal se empenha em cuidar dos trabalhadores dando-lhes mais qualificação para enfrentar a crise. “O Brasil provavelmente terá, dentro em breve, 14 milhões de desempregados, isso é quase sete vezes a população de Sergipe. É uma situação de extrema preocupação. O gestor público tem a obrigação de combater isso com soluções simples para situações complexas. Na Prefeitura, não estamos de braços cruzados, ao oferecermos a capacitação, damos as condições para que as pessoas, principalmente as mais carentes, possam ter a chance de uma renda e sobrevivam com dignidade”, destacou.

Realizados

Os concluintes do curso festejam o recebimento dos certificados, e já pensam nos benefícios que isso lhes trará no dia a dia no comércio. “O bom, com esse curso, é poder dar mais confiança ao nosso cliente, que saberá que está adquirindo um alimento de qualidade, feito com toda a higiene. Isso também nos ajuda a lucrar mais”, comemora a vendedora de lanches, Flávia Fontes Cavalcante.

O técnico em nutrição Joeliton Santos, mesmo já conhecendo a manipulação de alimentos, fez o curso da Fundat/Senac por achar importante estar pronto para o mercado. “Esse certificado vale em todo o país. Ele valoriza o trabalho do vendedor. Agradeço muito à PMA por essa oportunidade”, disse.

Ascom Fundat

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Em Aracaju, 16,4 mil pessoas estão aptas a receber 2ª dose de AstraZenca e Pfizer
“Somos ricos em gás e minérios e referência para o país agora e nos próximos anos”, diz Belivaldo
No próximo sábado vai ter Fora Bolsonaro na Feira do município de Siriri
Unigel inaugura oficialmente fábrica no município de Laranjeiras