Aracaju, 18 de outubro de 2021

GOVERNO ATENDE REIVINDICAÇÃO E MANDA CONTRATAR LEGISTAS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por: Cristina Rochadel

Governador  atende reivindicação da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher (Foto assessoria)

O Estado está contratando para o Instituo Médico Legal de Sergipe (IML), mais cinco médicos legistas, e um ondonto legistas para somar a atual equipe totalizando 10 médicos e dois odontólogos para melhorar o atendimento e  contratando ainda 10 papiloscopista e 10 peritos criminais, a notícia foi dada na manhã dessa terça-feira (17), pelo secretário da Segurança Pública de Sergipe, João Batista à presidente da Frente em Defesa da Mulher deputada Goretti Reis (PMDB), durante reunião marcada pela Frente Parlamentar para apresentar as ações já realizadas e apresentar outras reivindicações. “É a primeira de muitas vitórias que queremos obter com o trabalho dos que fazem a Frente em Defesa da Mulher. Quando visitamos o IML, detectamos que havia a necessidade de novas contratações de médicos e o Governador Jackson Barreto (PMDB), sensível à causa, nos atendeu”, comemorou.

Para tentar humanizar, ou melhorar o atendimento às mulheres nas delegacias do interior, a deputada apresentou relatório ao secretário, solicitando que as delegacias regionais tenham um setor específico para atender as mulheres e que haja plantões nos fins de semana, com pelo menos uma delegacia aberta. “O estado psicológico de uma mulher agredida fica abalado e é preciso um acolhimento diferenciado”, argumentou Goretti.

Para João Batista, diante da crise que o Estado enfrenta não é possível a contratação imediata de novos delegados através de concurso público, mas existe a possibilidade de absorver agentes escrivães para o atendimento específico às vítimas. “Com o apoio do Governador podemos melhorar a capacitação desses profissionais e, consequentemente, melhorar o atendimento. A reivindicação é justa”, frisou.

Criar um banco de dados para unificar as estatísticas de todos os setores e órgãos do estado que fazem atendimento a mulher, foi outra reivindicação feita pela presidente da Frente Parlamentar. Segundo ela, os órgãos fazem, individualmente, as estatística e não há o compartilhamento. “Outra falha que precisa ser corrigida, porque vai ajudar na elaboração de projetos e proposta de como evitar a violência em determinado município ou região”, observou Goretti, concluíndo, que a visita foi positiva diante do compromisso que o secretário da SSP-SE assumiu com a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher.

Compromisso

A Frente Parlamentar em Defesa da Mulher foi criada no dia 8 de Março de 2016, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher com o compromisso de marca a história de luta das mulheres em busca de respeito e igualdade e contra a violência.

A Frente é composta por 10 parlamentares e mais 11 representantes de movimentos sociais e entidades. Os deputados são Maria Mendonça (PP), Garibalde Mendonça (PMDB), Gilson Andrade (PTC), Padre Inaldo (PC do B), Samuel Barreto (PSL), Silva Fontes (PDT), Ana Lúcia (PT), Robson Viana (  PMDB) Jeferson Andrade (PSD) de Luciano Pimentel (PSB), e Zezinho Guimarães (PMDB).

Na reunião de hoje estavam presentes seis deles, além dos representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SE), das enfermeiras forenses, do Núcleo de Análises e Pesquisas em Políticas de Segurança e Cidadania (Naspec), a delegada da Mulher Mariana Diniz e o comandante da Polícia Militar Cel. Marcone Cabral. “Todos comprometidos para que o atendimento a mulher seja cada vez mais humano com um olhar diferenciado”, finalizou Goretti.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial
Corpo do delegado Marcelo Hercos Lyrio será cremado em Alagoinhas (BA)
Governo entrega mais de 11t de alimentos do PAA Estadual para entidades
Investigado pela DAGV de Estância por estupro e armazenamento pornografia infantil preso em SP