Aracaju, 18 de outubro de 2021

JACKSON BARRETO DISCUTE AÇÕES DE INTEGRAÇÃO COM A UFS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em reunião com o reitor, Jackson falou do crescimento do Hospital Universitário e sugeriu um projeto voltado para a diminuição do analfabetismo em Sergipe

O governador Jackson Barreto esteve nesta manhã de quarta-feira, 18, na reitoria do campus universitário em São Cristóvão, atendendo ao convite do reitor da Universidade Federal de Sergipe, o professor Doutor Ângelo Antoniolli. O encontro discutiu o crescimento do Hospital Universitário, a diminuição do analfabetismo em Sergipe e ações que integrem universidade e Estado.

De acordo com o reitor Antoniolli, receber um governador na sala de reuniões da reitoria da universidade é um dado histórico, pois é a primeira vez que isso acontece. Ele classificou como um momento de interação, de busca de um trabalho conjunto, que é possível graças à linha de pensamento do atual gestor do poder executivo estadual.

“Nós estamos quebrando alguns paradigmas e talvez o mais importante de todos é essa percepção da universidade integrada à sociedade. Por isso, as instituições precisam estar bem articuladas e essa articulação tem rendido muitos frutos para a universidade. Esses pontos têm sido dirigidos para o atendimento da sociedade, porque é assim que tem que ser a instituição, ela não pode ser hermética. E quando ela se abre é nessa direção”, destacou o reitor da UFS.

Para Jackson Barreto, nunca é demais a aproximação do Governo do Estado com a Universidade Federal de Sergipe, pois, segundo o governador, a universidade é o núcleo daqueles que pensam o desenvolvimento de Sergipe. “Participar desse café de trabalho ao lado do professor Antoniolli, dos pró-reitores e da nova vice-reitora a professora Iara Campelo, é repensar o papel do Estado, da universidade e de que forma poderemos atuar conjuntamente para a solução de problemas que interessam à sociedade sergipana e de cuja responsabilidade participa o Governo do Estado e a universidade”, pontuou o governador.

Entre os temas tratados, dois ganharam especial destaque: o crescimento do Hospital Universitário e a diminuição do analfabetismo em Sergipe. O governador e o reitor conversaram bastante a respeito do Hospital Universitário (HU) e da conclusão das obras da sua maternidade, que terá capacidade para 90 leitos, além de uma UTI pediátrica, entre outros serviços.

“Esta é uma obra muito importante para Sergipe e para o Governo do Estado, que precisa atender a demanda de tantas parturientes que a nossa maternidade sozinha não é suficiente para a demanda. É preciso pensar na unidade da nossa bancada no Congresso Federal para ajudar a concluir as obras da construção dessa maternidade, pensar no trabalho de extensão da nossa universidade, e de que forma o Estado pode contribuir”, ressaltou Jackson Barreto.

Segundo o reitor, a principal referência de extensão e integração à sociedade talvez esteja na área da saúde. “E a universidade pela primeira vez olha para a saúde como um espaço de desenvolvimento e integração e assistência à sociedade, mas uma assistência qualificada”, disse Ângelo Antoniolli.

Educação

Durante a reunião, o governador Jackson Barreto sugeriu ao reitor e pró-reitores, especialmente a nova vice-reitora eleita, um projeto voltado para a diminuição do analfabetismo em Sergipe.

“Deixei também com o reitor e com a professora Iara Campelo uma ideia de fazer um projeto para podermos atuar nos municípios sergipanos, onde temos os maiores índices de analfabetismo. Preocupa-me muito deixar o governo em 2018 e não ter contribuído para diminuir o analfabetismo no nosso estado. Então, eu acho que essas conversas comuns são muito importantes porque o Governo do Estado e a universidade têm muito a contribuir com o desenvolvimento de Sergipe e é bom que as cabeças que pensam, pensem de forma conjunta porque o resultado será muito mais forte”, concluiu o governador.

A professora Iara Campelo, primeira mulher a chegar à reitoria, eleita pela comunidade num processo democrático, foi secretária de educação na gestão de Jackson Barreto como prefeito de Aracaju, e conhece a visão do gestor para a área. “Vimos que o Governo do Estado tem total compromisso com a universidade. É importante que a sociedade acadêmica perceba esse compromisso, que não é de ajudar a universidade, mas sim de caminhar junto, de compartilhar o mesmo objetivo”, comentou.

Presenças

Participaram da reunião os secretários de Estado da Educação, Jorge Carvalho, e da Comunicação, Sales Neto, os pró-reitores acadêmicos e administrativos da instituição de ensino.

Fonte: ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial
Corpo do delegado Marcelo Hercos Lyrio será cremado em Alagoinhas (BA)
Governo entrega mais de 11t de alimentos do PAA Estadual para entidades
Investigado pela DAGV de Estância por estupro e armazenamento pornografia infantil preso em SP