Aracaju, 4 de agosto de 2021

PROJETO EXIGE MEDIÇÃO DE ÁGUA INDIVIDUAL EM CONDOMÍNIOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Projeto de Valadares que exige medição individual de água em condomínios vai à sanção. A norma somente entrará em vigor cinco anos após a publicação da lei

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (17), projeto do senador Antonio Carlos Valadares (PLS 441/2011), que obriga os condomínios a instalar medidores individuais de consumo de água. Agora, a proposta segue para a sanção presidencial.

Para Valadares, o consumo hídrico, comumente incluído nas despesas condominiais, partilhadas indistintamente na proporção das respectivas frações ideais, é inadequado e injusto e tende a prejudicar os consumidores mais comedidos e favorecer os mais perdulários. Com a medição individual o consumo de água tende a diminuir em até 25%. Segundo o projeto, a exigência entrará em vigor cinco anos após a publicação da nova lei e valerá somente para os prédios construídos depois desse período.

Câmara

A matéria foi bastante elogiada pelos deputados. O relator na CCJ, deputado Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB), ressaltou que já existem leis municipais – em Recife (PE), Piracicaba (SP) e Aracaju (SE), por exemplo – que torna obrigatória a hidrometração.

O deputado Luiz Couto (PT-PB) destacou que muitas vezes, há alguém que gosta de gastar muita água e quem acaba pagando é o condomínio. Já o deputado Moroni Torgan (DEM-CE) disse que a individualização é essencial para melhorar a gestão da água.

Senado

No Senado Federal, a matéria foi aprovada em 2012 nas Comissões de Meio Ambiente (CMA) e Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR).

Por Assessoria de Imprensa (Brasília-DF)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Transferência de dinheiro da Saúde para conta pessoal: “Valor chega a quase R$ 200 mil”, diz vereador Ricardo Marques
Deputado questiona insucesso de ações de sindicatos no TJ de Sergipe
Incêndio destrói galpão de fábrica de tecidos no município de Tobias Barreto
Sistema Fecomércio presta consultoria às empresas sobre LGPD