Aracaju, 1 de agosto de 2021

Atendimentos odontológicos e oftálmicos são realizados para alunos (Foto ascom)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Projeto ‘Consultórios Itinerantes’ visa identificar precocemente problemas de visão e garantir a saúde bucal de crianças e adolescentes

Alunos da rede estadual de ensino estão tendo acesso ao projeto ‘Consultórios Itinerantes’, que visa identificar precocemente problemas de visão e garantir a saúde bucal de crianças e adolescentes, combatendo, assim, dois grandes problemas causadores da repetência escolar. O projeto foi ampliado nesta segunda-feira, 16, com atendimento odontológico para os estudantes dos municípios de Poço Redondo, Carira, Monte Alegre, Aquidabã e Aracaju. A iniciativa faz parte do programa Saúde na Escola, realizado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed), em parceria com os Ministérios da Saúde e Educação.

“Está sendo atendida uma média de 16 estudantes por dia, em procedimentos simples como restaurações e extrações, limpezas e aplicação de flúor, além do trabalho educativo com orientação para a escovação”, disse Ana Débora Lima de França, diretora em exercício do Dase.

O projeto é composto por três unidades móveis montadas com equipamentos de última geração em oftalmologia e odontologia e estão funcionando no Hospital Universitário (HU). O deslocamento dos estudantes e de seus acompanhantes até o local de atendimento é assegurado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed), que ficou responsável pelo transporte.

“Essa é uma ação coordenada pelo Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), e tem o propósito de contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças, jovens e adultos da educação básica”, ressalta Ana Débora.

Segundo ela, a primeira etapa do projeto teve início em fevereiro deste ano com atendimento oftalmológico a 115 estudantes de Nossa Senhora de Lourdes e de Porto da Folha, municípios prioritários para o atendimento, conforme as diretrizes da portaria que define o projeto ‘Consultórios Itinerantes’.

“Foram realizados procedimentos de baixa complexidade em oftalmologia como consultas, medida de refração ocular, diagnóstico precoce de patologias relacionadas à retina (exame do fundo do olho), retirada de corpo estranho, além do fornecimento de óculos com base na necessidade constatada em cada diagnóstico”, disse Débora.

A diretora em exercício do Dase informou ainda que já foram disponibilizados 56 óculos nesse primeiro momento. O início da segunda etapa dos atendimentos oftalmológicos está previsto para o dia 7 de junho e envolverá mais municípios.

Parceria

No âmbito estadual, a iniciativa reúne as Secretarias de Estado da Educação e de Saúde, além da Universidade Federal de Sergipe, através do Hospital Universitário e Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), em regime de parceria e colaboração entre os órgãos.

Fonte: assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa