Aracaju, 27 de julho de 2021

Capitão Denisson Santana é condenado a 12 anos de prisão em regime fechado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Terminou por volta de 01:30h desta sexta-feira (20), o julgamento do capitão Denisson Santana. Embora a defesa tenha sustentado a tese de legitima defesa, o corpo de jurados não entendeu assim e terminou por condená-lo.

O julgamento do capitão da policia militar, Dênisson Santana do Nascimento Silva, realizado no Fórum Gumersindo Bessa, em Aracaju, teve inicio na quarta-feira (18), sendo suspenso à noite e retornando nesta quinta-feira, quando foi encerrado por volta de 01:30h desta sexta-feira (20).

O réu, acusado de  ter matado Rodrigo de Jesus Santos, no dia 05 de dezembro de 2010, por volta das 05h, nas dependências do Espaço de Evento EMES, localizado na Avenida Contorno em Aracaju, foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado, além da perda da função de capitão da policia militar.

Além da acusação do assassinato do jovem Rodrigo de Jesus, Denisson também foi julgado por lesão corporal, já que outras duas pessoas foram atingidas por tiros, porém nesse caso, o crime havia prescrito e portanto não houve nenhuma condenação. O crime à época chocou a população e após o julgamento ser adiado por duas vezes, nesta quinta o caso chegou ao fim com a condenação do acusado.

Mesmo preso, Denisson Santana poderá recorrer da decisão.

Munir Darrage

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Após viralizar, Brahma presta homenagem a vovó sergipana
Comandante Militar do Nordeste é condecorado por deputados estaduais na Alese
Cata-treco: confira a programação desta terça-feira, 27, em Aracaju
Boletim do coronavírus em Aracaju: 189 novos casos e dois óbitos