Aracaju, 4 de agosto de 2021

JUCÁ DIZ QUE NÃO HÁ PREVISÃO DE AUMENTO IMPOSTO A CURTO PRAZO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
da Agência Brasil

O ministro do Planejamento, Romero Jucá, disse neste sábado (21), após se reunir com o presidente interino, Michel Temer, em São Paulo, que no curto prazo, não há previsão de aumento de impostos. Jucá, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos, Moreira Franco, passaram a tarde com Temer finalizando o pacote de medidas para aumentar a arrecadação e reduzir as despesas públicas, que deve ser anunciado na próxima semana.

“Quem pode definir isso é o presidente da República. No curto prazo, não está no horizonte o aumento de impostos. Vamos começar a operar medidas que minorem essa dificuldade até fazermos essa travessia para outro tipo de situação, que é a ideal: equilíbrio fiscal, geração de emprego, crescimento econômico, enfim, credibilidade, estabilidade e segurança jurídica”, afirmou Jucá.

Henrique Meirelles disse acreditar que será “produtiva” a negociação com o Congresso Nacional para a aprovação das medidas destinadas a recuperar a economia. Para ele, deputados e senadores devem compreender o momento econômico que o país atravessa. “Espero do Congresso que entenda as necessidades do povo brasileiro e das finanças públicas. Acredito que será uma negociação muito produtiva, e os contatos que tenho tido até o momento são muito positivos”, disse Meirelles após o encontro com Temer.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Transferência dinheiro da SMS pra conta pessoal: “Valor chega a quase R$ 200 mil”, diz vereador
Deputado questiona insucesso de ações de sindicatos no TJ/SE
Incêndio destrói galpão de fábrica de tecidos no município de Tobias Barreto
Sistema Fecomércio presta consultoria às empresas sobre LGPD