Aracaju, 31 de julho de 2021

ENTIDADES COMÉRCIO APELAM PARA O “NÃO FACULTATIVO” DIA 26

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na próxima quinta-feira, 26, será comemorado o dia de Corpus Christi, sendo feriado nacional. Apesar dos respeito às tradições religiosas, entidades do comércio sergipano – CDL, Sindilojas e FCDL/Sergipe – estão apelando para que no dia seguinte, 27, não haja a decretação de ponto facultativo por parte do Governo do Estado, Prefeitura de Aracaju e prefeituras municipais, como forma de garantir o funcionamento pleno das atividades trabalhistas na sexta-feira.

O apelo, em forma de nota à imprensa e por meio de ofício que será enviado aos poderes constituídos, revela a preocupação dos lojistas sergipanos em não ter um “feriado prolongado desnecessariamente”, especialmente diante de uma situação difícil e instável da economia.

“Sabemos que isso pode ocasionar uma fuga de muitos trabalhadores do serviço público, esvaziamento dos comércios de várias cidades e atrapalhando as atividades normais”, sentencia Edivaldo Cunha, presidente da FCDL/Sergipe.

Para Brenno Barreto, da CDL/Aracaju, no último feriado, em 21 de abril nas mesmas circunstancias, o governo do Estado não decretou o facultativo e as atividades foram retomadas normalmente dia 22, “mas lamentavelmente a Prefeitura de Aracaju fez posicionamento contrário. Esperamos que não ocorra desta vez”.

De acordo com o Sindilojas, presidido pelo empresário Gilson Figueiredo, os comerciantes têm que faturar para honrar seus compromissos, “especialmente numa data como esta, final de mês, o que não se justifica a decretação do facultativo, já que todos os outros setores da economia e da sociedade estarão trabalhando efetivamente um dia após o feriado”.

Por: Elton Coelho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa