Aracaju, 19 de setembro de 2021

PM leva Programa Educacional de Resistência às Drogas à Ação Global (Foto PM)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Ação ajudou crianças e adolescentes a tornarem-se pessoas mais aptas a lidarem com os acontecimentos diários, possibilitando os alunos a trabalharem características como o autoconhecimento e autocontrole, a empatia e habilidades de lidar com riscos e desafios

A Polícia Militar de Sergipe, por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), participou da ação global 2016 abordando  atividades educativas de prevenção às drogas e à violência, nesse final de semana.

O evento foi realizado com a participação dos policiais do Proerd, enfatizando que os participantes das oficinas saíram enriquecidos de conhecimentos. A ação ajudou crianças e adolescentes a tornarem-se pessoas mais aptas a lidarem com os acontecimentos diários, possibilitando os alunos a trabalharem características como o autoconhecimento e autocontrole, a empatia, habilidades de lidar com riscos e desafios, bem como estilos de comunicação com ênfase no tipo confiante.

Os policiais explanaram sobre riscos e consequências, abordando sobre a importância de avaliar as possíveis consequências antes de assumir qualquer tipo de risco. Além disso, situações reais, vivenciadas por jovens, serviram para ilustrar as aulas, fomentar discussões e exercitar o Modelo de Tomada de Decisões Proerd, a fim de desenvolver nos estudantes a escolha responsável, tornando-os mais seguros.

Sobre o proerd

O Proerd é desenvolvido nas escolas públicas e particulares, por policiais militares treinados e preparados para desenvolver o lúdico, através de metodologia especialmente voltada para crianças e adolescentes do 5º ano. O objetivo é transmitir uma mensagem de valorização à vida e da importância de manter-se longe das drogas e da violência. Após as dez semanas de curso, as crianças recebem o certificado Proerd, ocasião que prestam o compromisso de manterem-se afastadas e longe das drogas e da violência.

O Programa é pedagogicamente estruturado em lições, ministradas obrigatoriamente por um policial militar fardado, que além da sua presença física em sala de aula como educador social, propicia um forte elo na comunidade escolar em que atua.

Ascom ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mulher é presa em flagrante pelo Denarc com centenas de munições, fuzil e drogas
Prefeitura realiza quarta edição especial do Programa Praia Limpa
Semana Acessibilidade terá roda de conversa e entrega Troféu
Bricelets: herança das freiras que viveram em clausura no convento