Aracaju, 31 de julho de 2021

INFERNO ASTRAL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

O presidente interino Michel Temer (PMDB) passa por um “inferno astral”, logo no inicio da gestão. Explode em seu Governo – posto pós-impeachment com o pressuposto de acabar com a corrupção – a primeira bomba que joga estilhaços sobre ele. Quem diria que o senador Romero Jucá (PMDB-RR), ministro do Planejamento, seria coadjuvante de uma gravação telefônica que cria graves complicações para ao Planalto?

Jucá comete erro equivalente ao do seu ex-colega Delcídio do Amaral (PT-MT), em bem maior proporção, ao planejar a paralisação da Operação Lava Jato, que vem pondo à nu políticos, empresários, ministros e até ex-presidente. Sabia-se que a corrupção não poderia ser monopólio de um determinado grupo do PT. O fato demonstra que uma banda grossa do PMDB, partido que há 13 anos também preside o Brasil, também está atolado nesse lamaçal.

Além disso, Temer não pode circular pelo País, da mesma forma que acontecia com Dilma. Em termos de popularidade, os dois se comparam. A diferença é que o PT montou uma estrutura de plantão permanente e combate o Governo Temer com rigor, sem dar trégua um instante sequer.

Acontece que Temer ainda não mostrou a que veio. O tempo é curto. Mas o povo percebeu que não daria certo pela montagem de um Ministério pífio, que pode até ter mudado de cara, mas apresenta currículo parecido no comprometimento com a corrupção. Com riso insosso, Temer esteve ontem no Congresso sob apupos e visivelmente sentido com o triste episódio de Jucá.

Precisa reagir para adquirir confiança e colocar o barco à frente. Se não o fizer, dificilmente suportará a reação da sociedade contra ele.

ANOTEM

A base aliada terá dois candidatos à Prefeitura de Aracaju: Zezinho Sobral (PMDB) e Edvaldo Nogueira (PCdoB). O caminho leva a essa solução.

PT e PMDB são aliados em Sergipe, mas um não quer o outro na Prefeitura.

FORTE

Setores do PT acham que o PMDB caso consiga a Prefeitura ficará muito forte porque já tem o Governo e com certeza não apoiará Zezinho Sobral.

Com Edvaldo, o PT acha que readquire a força em Aracaju.

NÃO DISCUTE

A maioria da militância petista em Aracaju já acha que não tem mais o que discutir para a Prefeitura de Aracaju: “é apoiar Edvaldo Nogueira e pronto”, decretou.

Razão: papel do PCdoB contra o impeachment e aliado a Dilma.

CAFÉ

Em café da manhã, em no hotel Del Canto, um grupo se reuniu para tratar do apoio. A ex-primeira dama Eliane Aquino participou para conversar sobre eleição em Aracaju.

Está determinada: só aceita ser vice se o candidato for Edvaldo Nogueira.

PESQUISA

O governador Jackson Barreto (PMDB) pretende realizar uma pesquisa, colocando todos os candidatos para ver quem está em melhor posição junto aos eleitores.

Daí é que poderá indicar o candidato da base aliada.

RAZÃO

Segundo informações de pessoas ligadas a JB, todos os précandidatos que chegam a ele levam pesquisas em que aparecem bem junto ao eleitorado.

JB fará pesquisa com instituto de fora do Estado.

GOLPES

Deputado Capitão Samuel acha que e história de golpe ninguém aguenta mais. Quem realmente está sofrendo golpes é o povo.

Golpes do PT, PMDB, inflação, desemprego etc…

VALADARES

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) participa do Parlasul, em Montevidéu e explica que não houve golpe no Brasil.

Relata como aconteceu o impeachment.

IRREVERSÍVEL

O presidente do PMDB, João Augusto Gama, disse ontem que a candidatura de Zezinho Sobral a prefeito de Aracaju pelo partido era “irreversível”.

Aparentemente não haverá recuo.

LUCIANO

O presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo (PMDB), vai assumir o Governo do Estado na primeira semana de junho.

Jackson Barreto e Belivaldo Chagas terão compromissos fora do Estado.

PROCESSO

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julga hoje o processo contra o prefeito de Itabi, Rubens Feitosa Neto, acusado por compra de votos durantes as eleições de 2012.

Se perder assume a prefeitura o segundo candidato mais votado no pleito.

MARCIO

O ex-deputado Marcio Macedo (PT) disse ontem que está conversando com segmentos do partido e do PMDB, sobre o amadurecimento para escolha do candidato a prefeito.

Marcio diz que realmente está discutindo as eleições deste ano.

GANHAR

Tesoureiro nacional do PT, Marcio Macedo sente que o objetivo do PMDB é ganhar as eleições: “a nossa também seja qual for o candidato, Zezinho ou Edvaldo”.

– O PT ainda não decidiu sobre nome do candidato, disse.

SIMPATIA

Marcio admite que a base do PT tem simpatia forte pela précandidatura de Edvaldo Nogueira (PCdoB), pela postura do seu partido em relação ao impeachment.

– Mas não esquece que Jackson Barreto também teve posição firme no episódio.

DECISÃO

Entre as duas semanas de junho, o grupo liderado hoje por Marcio Macedo tomará uma posição e anunciará, ao partido, o candidato do bloco.

– Se conseguir consenso, o nome será proposto a Jackson Barreto.

CONTINUA

Segundo um deputado da base aliada, apesar da posição do deputado Valadares Filho, o PSB não desencarnou da estrutura de Governo.

E nem o governador Jackson Barreto vai demiti-los.

SANGRAR

O Governo Michel Temer começa a sangrar. Provavelmente não se sustente porque o povo está nas ruas gritando o “fora Temer”.

È um movimento do PT que começa a contagiar o povo.

SEM GRAÇA

Temer não está podendo governar. Nem sua casa em São Paulo pode visitar que o pessoal está firme no seu rastro e daqueles que integram o seu Governo.

Temer escolheu muito mal e não mudou a cara do Poder sem caráter.

Notas

Anulação – O PDT entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a anulação da reforma administrativa feita pelo presidente interino Michel Temer (PMDB). Os pedetistas questionam o fato de um governo provisório mexer em postos-chave da administração pública, como trocar ministros e fundir pastas.

0x0

Meta Fiscal – Renan Calheiros (PMDB), anunciou que vai antecipar a sessão conjunta da Câmara e do Senado, marcada para hoje à tarde e destinada à apreciação de vetos e da nova meta fiscal, para as 11 horas da manhã.  De acordo com ele, a aprovação da meta “não é interesse do governo, é interesse nacional”.

0x0

Parente – O Conselho de Administração da Petrobras se reuniu ontem extraordinariamente para apreciar a indicação do executivo Pedro Parente para a presidência da estatal, mas não tomou nenhuma decisão. Além do comando da estatal, Parente também foi indicado para presidir o Conselho de Administração.

0x0

Vaias – O presidente em exercício Michel Temer foi ao Congresso nesta ontem para entregar ao presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), a proposta de revisão da meta fiscal prevista para este ano. Temer foi recebido com vaias e gritos de “golpista”, por pessoas que estavam no Senado.

0x0

Exoneração – Uma semana e meia após ser nomeado ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB) anunciou ontem, sob vaias e protestos, que vai se licenciar do cargo a partir de hoje. Embora tenha anunciado “licença”, ele disse que “tecnicamente” pede exoneração porque voltará a exercer o mandato de senador.

0x0

Enem – O Enem registrou 9.276.328 inscritos. O número representa um aumento de 9,4% em relação a 2015, quando cerca de 8,5 milhões de candidatos se inscreveram. Trata-se também do segundo maior número de inscritos no exame, ficando atrás apenas de 2014, quando o Enem registrou 9,5 milhões de inscritos.

Conversando

Selic – Pesquisa Focus, divulgada ontem pelo BC, aposta que taxa Selic será cortada para 12,75% no final deste ano e o dólar ficará em R$ 3,67.

Apostas – Em conversa, ontem, em um restaurante de Aracaju apostava-se quem era o pior candidato para a prefeitura da Capital.

Delírio – Suposto pacto com STF para barrar Lava Jato é ‘delírio de imaginação’ de Jucá, diz o ministro Carlos Ayres Britto.

Redução – De Cláudio Nunes: agora MPE! Redução de combustíveis em todos os postos comprova cartel em Sergipe. Motivo foi queda nas vendas e decidiram tudo.

Chá – Edvaldo Nogueira diz que nunca deu chá de cadeira em JB. Lembra que tanto ele já coordenou campanha de JB quanto JB já coordenou campanha sua.

Feliz – João Gama diz que PMDB está feliz com crescimento de Zezinho Sobral e que partido esperava a reciprocidade dos outros partidos.

Pago? – Empresário que ganhou chamamento público do Forro Caju explica como poderá haver cobrança de ingressos que podem chegar a 200 reais.

Relato – Vereador Emmauel Nascimento (PT) relata momentos de aflição sofridos quando foi vítima de sequestro relâmpago.

Maioria – Vereador Emmanuel reafirma que apoiará para prefeito de Aracaju quem foi escolhido pela maioria dos militantes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa