Aracaju, 3 de agosto de 2021

CEJUSC FAZ MUTIRÃO DE NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS DE CONDOMÍNIOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe está realizando até o dia 31 de maio um mutirão de negociação de dívidas de condomínio.  O objetivo é encontrar solução rápida para o crescimento da inadimplência de condôminos.

Esse primeiro mutirão foi focado num condomínio da Grande Aracaju, que atualmente tem 200 condôminos em situação de inadimplência.  De acordo com o advogado do conjunto habitacional, Vitor Guimarães, o projeto do CEJUSC é uma grande oportunidade. “Nossa inadimplência hoje está em torno de 60%. É a primeira vez que fazemos essa parceira com o CEJUSC e até agora temos obtido uma média de 50% de acordos, que é um número muito satisfatório”, comemorou.

O subsíndico Siclar dos Santos Santana explicou que a vida administrativa dessas comunidades tem sido prejudicada pela falta de pagamentos. “A dificuldade maior é manter a organização,  trazer segurança para os moradores, pagar a folha financeira dos funcionários. Além da própria cobrança daqueles que pagam regularmente e sentem-se lesados”, explicou.

A Juíza Coordenadora do CEJUSC, Maria Luiza Foz Mendonça, ressaltou  que com a renda das famílias em queda, a inadimplência em condomínios cresceu quase 30% no primeiro trimestre do ano. “Diante dessa crise financeira, os serviços dessas comunidades  têm sido inviabilizados. A melhor saída é negociar as taxas atrasadas para evitar que a cobrança chegue à Justiça. Realizar mutirões com condomínio traz um beneficio coletivo”.  A magistrada explicou ainda que estão em negociação abertura de mutirões com outros condomínios da cidade.

Fonte: TJ

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

PL inclui surdo unilateral nas cotas para deficientes em concursos públicos
Eduardo participa de solenidade para cidade mais sustentável
“O PSB se organiza para ser mais uma vez protagonista”, afirma Valadares Filho
Ao visitar a Estre Ambiental, Sergas analisa a possibilidade de aproveitar  o Biogás