Aracaju, 30 de julho de 2021

CHUVA FORTE CAUSA MORTE E PREJUÍZOS EM OLINDA E RECIFE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
da Agência Brasil

Uma menina de quatro anos morreu após delizamento de terra em Olinda. A casa dela, no Córrego do Passarinho, foi soterrada na madrugada, e o corpo foi retirado pelo Corpo de Bombeiros às 5h30 de hoje (30). O desastre é o primeiro com vítima registrado desde que o alerta de chuvas fortes foi divulgado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), também na madrugada.

Outra ação de socorro está sendo cumprida pelo Corpo de Bombeiros: um desabamento em Águas Compridas, outro bairro de Olinda. A Assessoria de comunicação informa que há possibilidade de vítima entre os escombros.

Segundo a Apac, em 12 horas, choveu 200 milímetros no Recife – mais da metade do esperado para todo o mês de maio (358 milímetros). A quantidade de água provocou alagamentos em diversos pontos da região. Uma parte do calçadão na Orla de Olinda desabou, e no Recife o túnel do bairro do Pina – mais baixo que as vias do entorno – ficou intransitável por causa do volume de água.

Órgãos públicos, escolas e universidades paralisaram atividades porque funcionários e alunos não conseguiam chegar aos locais. Os engarrafamentos paralisam o trânsito nas cidades. A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade de Pernambuco (UPE) e a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) cancelaram as aulas no turno da manhã e devem emitir novo alerta caso a chuva continue. O Judiciário também está praticamente paralisado. O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e os tribunais regionais do Trabalho e o Eleitoral suspenderam o expediente desta segunda na região metropolitana.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Estudantes de Arquitetura desenvolvem manual com base na NBR 15575 para habitações em Sergipe
Polícia Civil divulga imagens de furto em uma loja de roupas na cidade de Itabaiana. Veja o vídeo
Nova Lei contra violência auxiliará a Procuradoria da Mulher na Câmara de Pacatuba
Políticos de volta ao batente