Aracaju, 24 de janeiro de 2022

Servidores da Saúde de Aracaju entram em greve nesta quarta-feira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Depois da paralisação nesta terça-feira (31) e a falta de respostas por parte da Prefeitura de Aracaju em relação as reinvindicações, os servidores da saúde de Aracaju confirmaram que entrarão movimento de greve a partir desta quarta-feira por tempo indeterminado. O principal eixo de greve é a falta de reajuste salarial que categoria mira em 12,5% para compensar a inflação anual que ficou neste patamar.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), Augusto Couto, a iniciativa da paralisação e depois da greve deu-se por conta de que a comissão intersindical ter tentado todas as alternativas de diálogo com a gestão municipal, mas sem obter uma resposta ou abertura para diálogo. “A Prefeitura alega que não tem recursos, mas não acredito porque Aracaju é uma das cidades que mais tem estabilidade financeira. É tanto que eles não mostram nenhum número. É bom frisar que não estamos lutando nem por um aumento, mas por uma reposição salarial que é direito do trabalhador”, afirma Augusto Couto, acrescentando que outros servidores, como da administração geral, já conseguiram o reajuste salarial.

Depois da paralisação desta manhã, a comissão intersindical da qual o Sintasa faz parte decidiu que, além da greve, na próxima sexta-feira (3), às 9 horas, haverá uma assembleia conjunta com as categorias para fazer uma avaliação do movimento grevista, no auditório do Sindicato dos Bancários.

Ascom Sintasa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Nordeste inicia o ano com estabilidade no preço do etanol e da gasolina, aponta Ticket Log
Advogado sergipano explica como o SERP irá modernizar os serviços de cartórios no país 
Prefeitura de Santana do São Francisco autoriza pacote de seis obras na Cohab velha
Suspensão dos prazos processuais prorrogada até 28/1