Aracaju, 7 de dezembro de 2021

Associação dos Artesãos do Centro J. Inácio tem nova diretoria (Foto: Pritty Reis)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Associação dos Artesãos que trabalham no Centro de Arte e Cultura J. Inácio se reuniu, na última segunda-feira, 30, para eleger novos componentes para a diretoria, apresentar novos artesãos e organizar o calendário de eventos para exposição. A reunião aconteceu no auditório da Secretaria de Estado da Mulher, da Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh).

Fundada em 13 de outubro de 2009, a Associação conta hoje com mais de 200 membros e é dirigida por presidente, vice-presidente, tesoureiro, secretária e seis integrantes do conselho fiscal. “Hoje, estamos aqui reunidos para traçar algumas metas para o segundo semestre e para a eleição da vice-presidência e tesouraria”, disse Jean Angélica Coutinho.

A secretária Marta Leão destacou a importância do incentivo ao artesanato no estado através do Centro. “Através de uma gestão articulada entre a Seidh, o Centro de Artes e as associações, continuaremos buscando mecanismos para incentivar a participação de artesãos de todo o Estado. Queremos que o artesão que está lá no sertão também tenha a oportunidade de aperfeiçoar o seu produto e comercializá-lo de forma digna. Através do incentivo à economia solidária, nosso desejo é que esse artesão também tenha autonomia e capacidade de gerir a sua produção. E, para o fortalecimento de todos, é importante que a Associação dos Artesãos tenha sua própria sede e que o Centro de Arte J. Inácio sirva exclusivamente como vitrine para os produtos”, enfatizou a secretária.

Eleita para a vice-presidência, Sandra Mota explicou a importância da associação no incentivo à participação de novos artesãos e na inovação do espaço. “A associação e o Centro de Arte estão abertos para receber novos artesãos de todo o Estado para, juntos, fortalecermos o artesanato sergipano. Por isso, estamos nos articulando com a Secretaria para buscar alternativas de agregar os novos artesãos e dar a eles condições de se desenvolver a partir do que produzem”, pontuou.

Também participou da eleição o diretor do Centro de Arte, Guga Viana, que reconhece a necessidade de uma sede para a associação e valorização dos produtos artesanais genuinamente sergipanos e por isso defende o Centro de Arte como um espaço estratégico para o reconhecimento do artesanato local.

“Sem dúvida, o Centro de Arte é o espaço de escoamento de produtos genuinamente sergipanos, mas estamos buscando fortalecer ainda mais esse espaço e abrir para a participação de novos artesãos. Precisamos focar na qualificação profissional desses artesãos a partir das demandas que temos no Estado e, por isso, as ações voltadas para o fortalecimento do artesanato local para obter a geração de renda e a autonomia do artesão partem de um diagnóstico e apresentação do cenário atual do artesanato em Sergipe”, disse Viana.

Concluída a eleição, a nova diretoria da Associação dos Artesãos ficou composta da seguinte diretoria: Veralúcia Souza (presidente); Sandra Mota (vice-presidente); Jean Angélica Coutinho (tesoureira); e Lindinalva Alves (primeira secretária).

Texto: Ronald Dória

Edição: Rebecca Melo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Conselho da Igualdade Racial abre seleção para sociedade
Alese aprova doação de imóvel que impulsionará turismo no município de Porto da Folha
Deputados aprovam na Alese a continuidade do Programa Educação Mais Conectada, da Seduc
Janier Mota, em carta aberta, anuncia que não disputará reeleição em 2022 e relata os motivos