Aracaju, 22 de setembro de 2021

Chefe é chefe! MPF acusa Lula de comandar esquema de corrupção!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Superado o impeachment da ex-presidente da República, Dilma Rousseff (PT), ainda não digerido pela militância petista em todo o País, por algumas centrais sindicais e movimentos sociais, eis que o Brasil é surpreendido com a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sua esposa Marisa Letícia, e mais seis pessoas nas investigações da Operação Lava Jato. Lula, que sempre vinha propagando ser vítima de perseguição, de discriminação por parte de seus adversários políticos, agora é taxado pelo MPF de “comandante máximo do esquema de corrupção”. Em síntese: o ex-presidente petista era o “chefe de tudo”.

Os procuradores concederam uma entrevista coletiva, nessa quarta-feira (14), quando associaram dois grandes esquemas de corrupção no País: o Mensalão e a Lava Jato. Para que os leitores tenham a dimensão exata da denúncia contra Lula, ela abrange contratos da empreiteira OAS com a Petrobras que resultaram no pagamento de R$ 3,7 milhões em propinas para o ex-presidente. Se a denúncia for acatada pelo juiz federal Sérgio Moro, Lula, a esposa e os demais se tornarão réus e serão julgados por prática de crimes de corrupção ativa, passiva e de lavagem de dinheiro.

A denúncia do Ministério Público Federal é mais um grande “golpe” na estrutura do Partido dos Trabalhadores que já anda por demais fragilizado e coberto de denúncias. Se virar réu no processo, Lula poderá fragilizar ainda mais a legenda que, em meio à crise, tem perdido uma grande quantidade de filiados em todo o País. O MPF pede a indenização de R$ 87,6 milhões, que deve ser paga pela OAS e também por Lula, além de R$ 58,4 milhões, a serem pagos por Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, e Agenor Franklin Magalhães Medeiros, ex-executivo da OAS.

Agora quem diria, Luiz Inácio Lula da Silva, um operário e líder sindical, que saiu do Nordeste para ser presidente da República por dois mandatos consecutivo, uma das principais lideranças políticas do País, com uma vitória incrível contra o câncer, rico em popularidade, mas chefe e operador do maior esquema de corrupção da história do Brasil, que saqueou e praticamente “quebrou” a Petrobras, que era nossa maior estatal e uma das maiores do Mundo. A economia do País não resistiu a essa “roubalheira desenfreada” e entrou em colapso. A crise financeira, que muitos associam à política, está sim ligada à corrupção.

A história de um final deprimente começa a ser escrita. São inúmeras as denúncias de favorecimentos para empreiteiros que “sangraram” a Petrobras, o maior patrimônio do povo brasileiro. Quem diria: os petistas acusavam a oposição de tentar “abafar” a Operação Lava Jato e justamente seu maior líder político é acusado pelo Ministério Público de tentar obstruir as investigações. Para quem se dizia tão transparente, que permitiu a Polícia Federal de fazer o seu trabalho e hoje a história revela uma outra face de Lula. Desta vez, sem os “tentáculos do governo”, ficará difícil se esconder, fugir da Justiça. Depois de Dilma e Cunha, parece ter chegado a hora do ex-presidente. Hoje está nas mãos de Sérgio Moro. Que ironia…

Sem debate

Segundo informações postadas por jornalistas nas redes sociais, chega a informação que o tradicional debate entre os candidatos a prefeito de Aracaju, realizado pela REDE GLOBO em todas as capitais do País, inclusive na sergipana, não será realizado este ano.

Sem acordo

A informação é que não houve acordo entre os organizadores e os assessores dos candidatos. O modelo da Globo é Padrão e as três maiores coligações defendiam a participação de todos os candidatos. Como não houve um consenso, a informação é que o debate da TV Sergipe foi cancelado. Com a palavra a direção da emissora…

Veja essa!

Após os ataques proferidos pela campanha de Edvaldo Nogueira (PCdoB) contra Valadares Filho (PSB) em Aracaju, usando o deputado federal André Moura (PSC), o ex-conselheiro Reinaldo Moura se manifestou nas redes sociais. “Que pena que Edvaldo Nogueira esteja jogando fora o seu passado de ‘bom moço’, e embarcando no jogo nojento desse protótipo de Governador, que agora busca companhia para se lambuzar no chiqueiro que ele construiu”.

E essa!

Reinaldo Moura seguiu dizendo que “o Brasil inteiro sabe que Eduardo Cunha liderava um bloco político na Câmara dos Deputados do qual André fez parte e votar pela cassação dele seria traição. Em matéria de traição quem é formado é Jackson Barreto,
especialista em usar e descartar”.

Lista

Reinaldo Moura citou uma relação de “traídos” pelo governador: “Augusto Franco, Albano Franco, Marcelo Deda (in memoriam), João Alves Filho, Antônio Carlos Valadares, Maria do Carmo, Wellington Paixão, Almeida Lima, Benedito Figueiredo, Eduardo e Edvan Amorim, e muitos outros”.

Jackson Barreto I

O governador esteve reunido com as equipes das áreas jurídica, econômica, planejamento e com a cúpula da Segurança Pública, para analisar o projeto do subsídio dos militares, que irá enviar, ainda no mês de setembro, para a análise da Assembleia Legislativa. “Dei minha palavra e vou cumprir!”, assegurou JB.

Jackson Barreto II

Jackson disse que se reuniu com seus assessores também para buscar alternativas que venham saldar os salários de agosto e iniciar, ainda dentro deste mês, o pagamento dos salários dos servidores referente ao mês de setembro. “Não tem sido fácil governar o Estado dessa forma. Mas estamos trabalhando incansavelmente para regularizar e honrar nosso compromisso com os servidores. Estou confiante que vamos conseguir!”.

Maria do Carmo

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) destacou a importância da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 36/2016, aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e discutida em primeiro turno. Dentre outras medidas, a Proposta reforça a exigência de fidelidade partidária de políticos eleitos e extingue as coligações nas eleições proporcionais, além de estabelecer uma cláusula de barreira para os partidos políticos.

Revisão

Assim como os autores da PEC (senadores Aécio Neves e Ricardo Ferraço, ambos do PSDB), Maria compreende que é necessário se fazer uma revisão nas regras eleitorais que norteiam o processo eleitoral brasileiro.

Lixo

Por unanimidade, no julgamento do Agravo Regimental 201600108553, realizado nessa quarta-feira (14), o Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe reconheceu, de ofício, a nulidade da decisão do Presidente do Tribunal de Contas, no processo TC 034500/2016, que suspendeu monocraticamente o contrato emergencial de coleta de lixo realizado entre a Emsurb e a Cavo.

Clóvis Barbosa

O conselheiro não digeriu bem a suspensão do contrato de coleta de lixo da PMA com a empresa Torre. Com a cidade suja, com a população aos prantos, coube a Prefeitura fazer um contrato emergencial com a empresa Cavo. Em poucos dias, o serviço estava regularizado. Ao invés de chamar a PMA para definir um cronograma para que fosse feita uma licitação, Clóvis decidiu questionar o contrato emergencial na Justiça.

Decisão na AL

Na sessão dessa quarta-feira (14), no plenário da Assembléia Legislativa, foi lido e aprovado, por unanimidade, dos parlamentares presentes, Requerimento impetrado por dois partidos políticos com representação na Casa, PEN e PSD, onde requer a SUSTAÇÃO do andamento da Ação Penal originária de Nº 201600120452, resultante do procedimento investigatório Nº 201500114700, movida pelo MPE contra os deputados Augusto Bezerra e Paulinho da Varzinhas.

Fundamento jurídico

Os partidos políticos requerentes, basearam-se no art. 42 da Constituição desse Estado, que no seu §4º, assinala à Assembleia Legislativa o “prazo improrrogável de quarenta e cinco dias” para a apreciação do pedido de sustação do processo, a contar do seu recebimento pela Mesa Diretora, o que ocorreu no dia 17 de agosto do ano em curso, por ofício firmado pelo eminente desembargador Roberto Porto, do Colendo Tribunal de Justiça de Sergipe.

Mandatos preservados

Sustado o andamento do processo, os parlamentares processados terão preservado seu mandato, à força da garantia do seu direito fundamental proclamado no inciso LVII, do art. 5º, no inciso VI do art. 55, ambos da Lex Legum e, na esfera estadual, assegurado pelo inciso VII, do art. 44, da Constituição do Estado de Sergipe. A AL encaminhará, por ofício, a comunicação da decisão favorável ocorrida por unanimidade ao Tribunal de Justiça de Sergipe.

Tropas Federais

Durante a sessão de julgamentos ocorrida nessa quarta-feira (14), o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) autorizou o envio de força federal para 12 Municípios sergipanos. Com a decisão, o processo sobre para o Tribunal Superior Eleitoral, que dará a decisão final sobre a matéria.

Contemplados

Os 12 Municípios contemplados pela decisão do TRE-SE são: Estância, Lagarto, Itabaiana, Canindé do São Francisco, Nossa Senhora do Socorro, Japaratuba, Boquim, Capela, Nossa Senhora das Dores, Ribeirópolis, Poço Verde e Pirambu.

Aplicativo

Mais 16 mil baixaram o aplicativo CittaMobi só nós dois primeiros dias do seu funcionamento, e mais de 12 mil acessaram também nesses dias o serviço pelo site do CittaMobi. Lançado na segunda-feira (13), em Aracaju, o app permite ao usuário de ônibus acompanhar o itinerário das linhas de ônibus, os horários de parada dos coletivos, seus respectivos pontos, entre outras comodidades.

Entenda

Entre as vantagens constam: consulta rápida e fácil dos pontos mais próximo da sua localização; informação de previsões de chegada do ônibus no ponto; Visão geral do ponto consultado e linhas que passam pelo ponto; mais informações a respeito da qualidade das previsões dos veículos; mapa do itinerário da linha; previsão de chegada para os próximos pontos; função de alarme para quando o ônibus estiver chegando no ponto destino, dentre outras coisas.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Tribunal de Contas de Sergipe aprova legalidade em concurso da Alese
Vitória das Mulheres! Linda Brasil aprova seu primeiro PL e machismo será discutido nas escolas
CONIVALES celebra quatro anos de fundação levando serviços de saúde a 43 municípios sergipanos
Adepol emite nota após tentativa de homicídio contra delegado