Aracaju, 22 de setembro de 2021

Ibope confirma liderança de Edvaldo e crescimento de Valadares!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Como este colunista colocou, após a divulgação das pesquisas para prefeito de Aracaju, realizadas pelo Instituto Dataform e pelo Instituto Paraná de Pesquisas e Análise De Consumidor, o IBOPE divulgado nessa quinta-feira (15) pela TV Sergipe (afiliada da Rede Globo no Estado) traria um parâmetro definitivo para a eleição na capital. O cenário está praticamente desenhado: a liderança do candidato Edvaldo Nogueira (PCdoB) está confirmada como também a evolução da campanha do candidato Valadares Filho (PSB). Faltando pouco mais de duas semanas para a eleição fica complicado para o prefeito João Alves Filho (DEM) conseguir reverter a situação.

Não é impossível, ainda mais quando se trata da liderança política exercida por João Alves Filho, mas é visível que falta “algo mais” no prefeito este ano, sem contar que sua campanha também tem dificuldades financeiras, em relação as demais. João Alves não tem demonstrado a tradicional “alegria” e “determinação” de outras campanhas. Até mesmo quando fora derrotado nas urnas, o democrata sempre se apresentou com muita motivação, com vontade de vencer. Desta vez, em qualquer roda política a avaliação é que o prefeito não está muito à vontade nesta eleição. É como se estivesse vivendo em desconforto.

Mas voltando aos números do IBOPE, contratado pela TV Sergipe, o Instituto ouviu 602 eleitores, entre os dias 12 e 14 de setembro. O nível de confiança é de 95% e a pesquisa foi registrada no TRE sob o número: SE-01261/2016. Pelo levantamento, Edvaldo Nogueira lidera com 36%, seguido de Valadares Filho com 26%, João Alves com 11%, Brancos e Nulos com 11%, Dr. Emerson Ferreira (REDE) com 4%, Não sabe e não responderam com 4%, João Tarantella (PMN) com 3%, Vera Lúcia (PSTU) com 3% e Sônia Meire (PSOL) com 2%. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos.

No primeiro levantamento feito em Sergipe, divulgado pela TV Sergipe no dia 23 de agosto, Edvaldo aparecia com 28%, João Alves com 18%, Valadares Filho com 15%, Vera Lúcia com 7%, Sônia Meire com 4%, Dr. Emerson com 3%, João Tarantella com 1%. Brancos e nulos com 19% e 5% não sabiam ou não responderam. Naquela pesquisa também foram ouvidos 602 eleitores, entre os dias 19 e 23 de agosto, com a margem de erro é de 4% para mais ou para menos. O nível de confiança também era de 95% e a pesquisa foi registrada sob o protocolo SE -09510/2016.

Em síntese, os números mostram uma evolução nas campanhas de Edvaldo e Valadares Filho. E uma queda brusca de João Alves. Este colunista chegou a alertar: o marketing do democrata e de Valadares estavam ajudando o candidato do PCdoB. A crítica deve ter sido reconhecida pela campanha do PSB que mudou consideravelmente, ao ponto de Valadares crescer 11%. Por sua vez, o democrata até melhorou um pouco, mas sua campanha no rádio e na tv seguiu muito “tímida” e não agradou, não convenceu. Some-se a isso o grande desgaste de sua administração. Infelizmente, um grupo de auxiliares se esforça muito para mantê-lo competitivo, mas uma grande maioria parece não ter motivação para apoiar a reeleição.

E com o novo cenário desenhado por três pesquisas, temos o encaminhamento de que Edvaldo Nogueira e Valadares Filho disputarão o 2º turno. Há uma parcela ainda grande de abstenções e o eleitorado de João Alves e dos demais candidatos que poderá modificar o resultado final. O candidato do PCdoB tem boa vantagem e ainda cresce, mas a campanha do PSB está evoluindo ainda mais e no momento decisivo. A tendência é que, no último levantamento, a diferença entre os dois seja ainda menor, o que tornará a disputa para o segundo turno mais emocionante e disputada. Esta será a eleição do “detalhe” e quem errar menos será o eleito.

Rejeição I
O IBOPE também apontou a rejeição dos candidatos. A maior rejeição é a João Alves (63%). Na sequência, aparecem Edvaldo Nogueira (24%), Vera Lúcia (21%), Sônia Meire (20%), João Tarantella (18%), Dr Emerson (16%) e Valadares Filho (15%). Assim como na anterior, 3% poderiam votar em todos e % não sabem ou preferem não opinar.

Rejeição II

Em relação à pesquisa anterior, quem melhorou muito foi Valadares Filho. Antes João Alves tinha 55%. Na sequência, apareciam Valadares Filho (28%), Edvaldo Nogueira (27%), Vera Lúcia (20%), João Tarantella (17%), Dr. Emerson (14%) e Sônia Meire (14%). 3% poderia votar em todos e 7% não sabiam ou preferiam não opinar. A rejeição do candidato do PSB caiu de 28% para 15%.

Veja essa!

Mediante a interpretação do Ministério Público Estadual a respeito da SUSTAÇÃO do andamento da Ação Penal originária contra os deputados estaduais, Augusto Bezerra e Paulinho da Varzinhas, a assessoria jurídica dos dois parlamentares explica que não procede a análise de que a denúncia sobre a aplicação das verbas de subvenção tenha vindo à tona antes da diplomação de ambos pela Justiça Eleitoral.

E essa!

Os advogados explicam que seus representantes não chegaram a perder a prerrogativa de deputado estadual tendo em vista que Augusto Bezerra já exerce seu quinto mandato e Paulinho das Varzinhas seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa, ou seja, eles não perderam a prerrogativa porque já estavam diplomados desde a eleição anterior.

Diplomação contínua

O Ministério Público chegou a um entendimento que a Ação Penal não poderia ter sido suspensa, como foi pela unanimidade (16×0) dos deputados presentes em plenário. O jurídico explica que a “diplomação” é contínua tendo em vista que ambos já exerciam o mandato parlamentar e possuem o foro privilegiado desde a primeira eleição que foram eleitos deputados estaduais.

Vereadores I

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e o Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) promoveram nessa quinta-feira (15), mais uma fase da Operação Indenizar-SE que investiga a suposta má aplicação das verbas indenizatórias da Câmara Municipal de Aracaju.

Vereadores II

Os vereadores Agamenon Sobral (PHS) e Tijoi Barreto (PR) se apresentaram pela manhã, acompanhados de seus respectivos advogados, na SSP e, em seguida, foram encaminhados para a DEOTAP onde foram ouvidos e levados para a 2ª Delegacia de Polícia Civil.

Advogado

Também foram presos preventivamente o advogado Alcivan Menezes Silveira e seus filhos Alcivan Menezes Silveira Filho, Pedro Ivo Santos Carvalho e Richard Leon Freitas Silveira. A polícia suspeita que eles receberam recursos sem terem prestado serviços aos parlamentares.

Liberados

Na madrugada dessa sexta-feira (16), após o desembargador Alberto Romeu Gouveia Leite, deferir a liminar concedendo habeas corpus aos vereadores, Agamenon Sobral e Adelson Barreto Filho foram liberados. O advogado e seus filhos também deixaram a delegacia e ficarão em prisão domiciliar.

Afastamento

A Justiça também determinou o afastamento dos vereadores Adriano Taxista (PSDB), Agnaldo Feitosa (PMDB), Jailton Santana (PSDB), Augusto do Japãozinho (PTdoB), Valdir Santos (PTdoB), Daniela Fortes (PEN), Emmanuel Nascimento (PMDB) e Renilson Felix (DEM), de suas funções na Câmara Municipal até que as investigações que estão sendo realizados pela Deotap cheguem ao fim.

Só salário

Os vereadores ficam impedidos de irem ao prédio da Câmara Municipal e de exercerem seus mandatos em plenário e nas Comissões. Eles também não terão direito às verbas indenizatórias. A Justiça liberou apenas o pagamento de seus salários.

Tragédia

A morte do ator Domingos Montagner, por afogamento nessa quinta (15), no Rio São Francisco, em Canindé do São Francisco, comoveu a todos os sergipanos. O ator tinha 54 anos e interpretava o personagem “Santo” em “Velho Chico”, novela da TV Globo. O corpo do ator será liberado nesta sexta-feira (16), quando deixará Sergipe em um avião fretado.

Fase difícil

No momento administrativo muito ruim para Sergipe e para Aracaju, com atrasos de salários e falta de recursos para reajustes e obras, quando praticamente o governo ameaça decretar Estado de Calamidade, eis que este afogamento, além de trágico e apesar de ser uma fatalidade, é ainda mais um ponto negativo que só aumenta a fase difícil que todos nós sergipanos atravessamos. Lamentável…

Falando nisso

O governador Jackson Barreto, através do secretário de Comunicação Sales Neto, comunicou no programa Liberdade Sem Censura, que o Estado quitará os salários de agosto dos servidores públicos com a segunda parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e que grande parte dos salários de setembro serão pagos até o próximo dia 30.

Mágica?

Como perguntar não ofende, se o governo tem condições de pagar os salários dentro do mês, até o próximo dia 30, poucos dias antes da eleição municipal em Aracaju e no interior, por que ele não fez o mesmo nos outros meses? Qual a mágica para os recursos aparecerem? O governo mentiu o tempo inteiro e massacrou os servidores ou esta é uma jogada puramente eleitoral?Alô ADEMA!

Este colunista chama a atenção da ADEMA, mais precisamente do presidente Almeida Lima, que foi hábil para atuar na questão do lixo em Aracaju, mas que não tem “movido uma palha” para resolver o impasse em Laranjeiras, entre a empresa TORRE e a prefeitura. A população está sofrendo com alguns dias sem coleta na cidade.

Socorro

O candidato a prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Zé Franco (PSDB), e seu candidato a vice-prefeito, Kléwerton Siqueira (PDT) realizaram uma mini-carreata nessa quinta-feira (15) no conjunto Marcos Freire 1. O ato contou com dezenas de veículos e excelente envolvimento da população.

Zé Franco 

“Foi excepcional a mini-carreata de ontem. Nós sentimos o envolvimento dos moradores do Marcos Freire 1. São pessoas que acreditam no projeto de avanço de Nossa Senhora do Socorro”, disse Franco.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Tribunal de Contas de Sergipe aprova legalidade em concurso da Alese
Vitória das Mulheres! Linda Brasil aprova seu primeiro PL e machismo será discutido nas escolas
CONIVALES celebra quatro anos de fundação levando serviços de saúde a 43 municípios sergipanos
Adepol emite nota após tentativa de homicídio contra delegado