Aracaju, 28 de julho de 2021

Dataform ratifica liderança de Valadares em semana decisiva!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A eleição para prefeito de Aracaju, em seu segundo turno, será realizada no próximo domingo (30), quando o eleitorado irá optar entre as candidaturas de Edvaldo Nogueira (PCdoB) e Valadares Filho (PSB). O sentimento nas ruas é de que há uma melhora nítida na candidatura do PCdoB. Há mais empenho nas ruas e o governador Jackson Barreto (PMDB) decidiu colocar o “bloco” para trabalhar nas comunidades. Entretanto, a liderança do projeto do PSB está mais do que consolidado. A diferença não é das maiores ou das mais tranquilizadoras, mas é perfeitamente administrável para garantir a vitória nas urnas.

Enquanto aliados de Edvaldo Nogueira, visivelmente, tentam mostrar número, volume nos movimentos e até ganhar no “grito” nas manifestações de campanha, a equipe de Valadares Filho procura conscientizar o agrupamento de que a eleição não está resolvida ainda e que é preciso trabalhar até o último minuto para assegurar que não ocorrerá nenhuma surpresa. De um lado temos um projeto que está mais preocupado com a densidade; do outro lado temos uma proposta mais estratégica, que tenta desenhar um cenário e procura trabalhar em cima dele, marcando os pontos fortes de seu adversário.

O debate entre os dois candidatos realizados na noite desse domingo (23), pela TV Atalaia (afiliada da Rede Record em Sergipe) foi marcado por muitas agressões e poucas propostas para a capital. Isso não tem ajudado a convencer o eleitorado que está indeciso ainda. Sem contar que afasta ainda mais aqueles que estão dispostos a votar em branco ou anular o voto. Outro fator preocupante também será a quantidade de abstenções. O “bateu, levou” deste turno não está cativando as pessoas porque muito do que está sendo discutido é apenas “mais do mesmo”, ou seja, é algo que já está na pauta da campanha desde o 1º turno.

Mas voltando às pesquisas, contratado e divulgado pelo Jornal Cinform, o levantamento do Instituto Dataform, que fincou acertando em cheio o resultado do 1º turno, ratifica a liderança de Valadares Filho nesta semana decisiva. Registrada na Justiça Eleitoral sob o nº SE-03207/2016, realizada entre os dias 21 e 22 de outubro, com um intervalo de confiança de 95% e uma margem de erro de 4,1%, para mais ou para menos, a pesquisa mais recente ouvindo 588 eleitores, colocou o candidato do PSB com 52,31% dos votos válidos contra 47,69% de seu adversário do PCdoB.

Não que a vantagem de Valadares Filho seja irreversível, mas como já estamos na última semana da eleição, e como há equilíbrio das duas candidaturas nas ruas, nas redes sociais e nos programas de televisão, a menos que o socialista cometa um erro muito grave, dificilmente o comunista terá tempo hábil para reverter a vantagem de quase cinco pontos percentuais. Outro aspecto a ser levado em consideração é o quesito rejeição: há muito equilíbrio, é verdade, mas Edvaldo ainda lidera com 36,73% contra 34,01% de Valadares Filho. 18,7% não souberam ou preferiram não responder. 10,54% já estão decididos a anular o voto no domingo.

Em síntese, uma coisa é certa: apesar do crescimento da candidatura de Edvaldo Nogueira na reta final da campanha, a cada dia em que a eleição se aproxima, mais favorece Valadares Filho. Sem contar que, nos debates, apesar de muitas agressões e poucas propostas, o candidato do PSB se mostra mais seguro sempre, mas objetivo nas projeções. O candidato do PCdoB é mais prolixo, não demonstra segurança quando defende suas gestões na PMA e só é enfático quando parte para o ataque contra o adversário e seus aliados. Mas como já fora dito aqui: “é mais do mesmo”! E essa postura nem agrega mais votos e nem convence um indeciso a votar neste ou naquele candidato. O desestimula ainda mais…

Veja essa!

O deputado estadual Georgeo Passos (PTC) chama a atenção para o contrato do Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), das empresas TORRE EMPREENDIMENTOS RURAIS E CONSTRUÇÕES LTDA e PATROL CONSTRUÇÕES LTDA, para a execução em obras de rodovias estaduais sob o regime de empreitada. O valor do contrato: uma bagatela de R$ 38.775.570,02.

E essa!

Recentemente, o Estado de Sergipe conseguiu um efeito suspensivo junto ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região, para que as obras da rodovia SE-100, que liga os municípios de Pacatuba e Pirambu, fossem retomadas. Havia uma decisão liminar em favor do MPF que determinava a paralisação dos serviços. O empreendimento é realizado com recursos do Proinveste.

Relembre

A liminar que suspendia a construção da Rodovia foi decorrente de uma Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Federal contra o Estado de Sergipe, a Adema, o DER, a Empresa Torre e o ICMBio com a finalidade de proibir a realização da obra por tratar-se de área de reserva ambiental, a Reserva Santa Isabel, que é uma área protegida pelo Patrimônio Histórico, e também por ser uma área remanescente de Quilombola.

Sem Licença

Segundo o Ministério Público Federal, em julho de 2015, a Torre iniciou as obras da rodovia sem Licença de Instalação emitida pela Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), o que caracteriza crime ambiental e infração administrativa. “Assim, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) comunicou à Adema sobre a conduta da Torre, porém, a autarquia permaneceu omissa à situação”, denunciou o MPF à época.

Mais MPF

“Diante da inércia da Adema, o ICMBio autuou a empresa Torre pelas infrações ambientais e embargou a obra. De acordo com a autuação, a construção só poderia ser retomada após levantamento do embargo e prévio cumprimento de condições exigidas pela ICMBio. Porém, em novembro do mesmo ano, a Adema emitiu licença de instalação sem o prévio cumprimento das exigências da ICMBio e a Torre retomou a obra”, completa o MPF em um release sobre o assunto.

Georgeo Passos

“É algo que nos chama a atenção: não sabemos o que o Governo pretende escondendo essa informação. Afinal, foram contemplados pelo empréstimo 33 itens, entre obras e equipamentos que seriam comprados, mas que, três anos depois, ainda não vimos a sua grande maioria. O próprio Estado só confirma cinco obras realizadas até aqui. O dinheiro está na conta. Se não foi feito até o momento foi por falta de planejamento. O que foi feito com o restante dos recursos?”, questionou o deputado sobre as obras realizadas através do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste).

Devido respeito

Georgeo lembrou ainda que, no início desse ano, enviou ofício ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) pedindo que a instituição averiguasse o que foi feito com os recursos. “Mas nada foi feito até agora”, garantiu. O deputado solicitou então que a Assembleia Legislativa cobrasse as informações junto ao Poder Executivo. “Cabe a essa Casa se posicionar. A Alese autorizou o empréstimo e precisa do mínimo de respeito para que o Estado forneça essas informações. Esperamos que o Governo, através da secretaria responsável, possa dar a resposta que a Assembleia requer”, finalizou.

Bomba!

Denúncia de uma professora da rede municipal de ensino de Laranjeiras, que prefere não se identificar: após o término do contrato da Prefeitura com a empresa que fornecia a merenda escolar para as crianças do município, que acabou recolhendo os alimentos das escolas, agora a denúncia é que os fogões e outros utensílios domésticos de cozinha também estão sendo levados.

Exclusiva!

Este colunista chama a atenção do Ministério Público Estadual porque a denúncia é de uma gravidade sem tamanho: como vão ficar as crianças da rede municipal de ensino agora? Já levaram os alimentos e agora os fogões e outras coisas. Como vai se preparar a merenda para os alunos? Com a palavra a prefeitura…

Manifestação I

Para tanto, os professores da rede municipal programam uma manifestação para a porta da Prefeitura de Laranjeiras. Depois da eleição, com a confirmação da derrota do prefeito, há uma preocupação com supostos salários atrasados e com esta situação da merenda. “E o dinheiro do PDE (Plano de Desenvolvimento da Escola)? Não vamos reivindicar apenas por salários, mas por mais dignidade para as nossas crianças”, desabafa.

Manifestação II

Falando em protesto, os enfermeiros da rede municipal de Saúde de Aracaju realizam um protesto nesta terça-feira (25), a partir das 8 horas, na porta do Ministério Público Estadual. Em seguida, uma comissão se reunirá com o promotor de Justiça da área para cobrar medidas mais rígidas contra a PMA pelo não pagamento dos salários dentro dos meses trabalhados.

Alô JB!

O governador Jackson Barreto precisa olhar um pouco mais para a situação em que se encontram alguns serviços públicos do Estado. Por falta de pagamento de seu governo, vários estudantes universitários não estão sendo transportados e ficam com o ensino prejudicado. Na Saúde, chega a informação que a Clínica Climedi teria suspendido o atendimento aos pacientes do IPES, também por questões financeiras. Mas, como perguntar não ofende, esse dinheiro já não é descontado do funcionalismo? Teria sido usado para outro fim?

Visita

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Luciano Bispo (PMDB), iniciou sua agenda dessa segunda- feira (24), recebendo a visita de cortesia do deputado federal, Fábio Mitidieri (PSD). O encontro aconteceu no gabinete da presidência da Casa Legislativa. Na oportunidade, dialogaram sobre assuntos relevantes à sociedade sergipana.

Fábio Mitidieri

A visita do deputado federal Fábio Mitidieri, também foi para dar as boas-vindas ao retorno do amigo e deputado estadual à Casa do Povo. “Luciano é um homem sério, um homem de bem, que foi afastado injustamente desta casa. Portanto, a minha visita, além de tratar de assuntos relevantes ao Estado, foi de solidariedade e desejo de boas-vindas”, disse Mitidieri.

Luciano Bispo

Para o presidente Luciano Bispo, receber a visita do deputado federal Fábio Mitidieri é motivo de muita honra. “Fábio entrou no coração do povo de Itabaiana em sua primeira eleição. Tem cumprido com as obrigações com Sergipe, em especial com o povo de Itabaiana. Recebê-lo na Casa Legislativa é uma honra. Sua atuação na Câmara Federal, tem demonstrando que a palavra empenhada é cumprida”, salientou Bispo.

Homenagem

O centenário de nascimento do ex-deputado, ex-governador de Sergipe e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Manoel Cabral Machado, foi comemorado na tarde dessa segunda-feira (24), no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). A homenagem acontece por meio da segunda edição do Projeto “Realizadores”, que visa manter viva a memória de homens e mulheres que fizeram história, que marcaram, de forma singular, o seu tempo e contribuíram significativamente para o engrandecimento do Estado de Sergipe.

Com Valadares

Depois de um ciclo de debates que envolveu os candidatos Valadares Filho e Edvaldo Nogueira, de analisar quem tem um melhor projeto para Aracaju e qual seria o melhor para o Sepuma e sua base sindical, a Diretoria deste que é o maior Sindicato dos servidores públicos municipais de Aracaju decidiu, na manhã desta segunda-feira, anunciar apoio ao projeto político e administrativo do candidato do PSB.

Nivaldo Sepuma

Este entendimento estava pactuado desde a última sexta-feira, quando parte da Diretoria do Sepuma teve um encontro com o vereador eleito Elber Batalha (PSB). “Nós não poderíamos apoiar o projeto do candidato de um govenador que meteu a mão no Fundo Previdenciário dos servidores estaduais e fatiou e fracionou salários como a barriga e o estômago e as necessidades pudessem ser fatiados. Não queremos reviver isso na Prefeitura de Aracaju. Além do mais, esta onda vermelha nos assusta, porque vivência não foi boa”, diz Nivaldo.

Amorim

Em entrevista concedida a Jovem Pan FM, o senador Eduardo Amorim (PSC) não hesitou em dá a resposta direta ao secretário de planejamento do governo João Augusto Gama, quando o radialista Rosalvo Nogueira leu a nota enviada pelo secretário, na tentativa de justificar a sua ausência, a de todo agrupamento, e, principalmente a do governador Jackson Barreto, na reunião da Bancada Federal de Sergipe em Brasília, semana passada.

Omissões

Na ocasião foram definidas as emendas prioritárias a serem apresentadas ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias Anual (PLDO) 2017. “É impossível justificar o injustificável. Eles alegarem que não foram por que não souberam? Isso só caracteriza a inoperância, lentidão, desleixo e irresponsabilidade com o povo de Sergipe. Mais uma das omissões do governo; perda de investimentos, perda de dinheiro, já que nós tínhamos esse direito. Situação vexatória, jamais registrada em nossa história”, lamentou.

Eliane Aquino

A candidata a vice-prefeita Eliane Aquino (PT) mais uma vez repudia a divulgação sobre os seus vencimentos no período em que ocupou o cargo de assessora especial da Casa Civil, do governo do Estado. Em mais uma ação feita por adversários nas redes sociais, um contracheque de um mês no qual ela recebeu acumulado o salário referente a 3 meses de trabalho, está sendo distribuído com o intuito de confundir o cidadão aracajuano. No tempo em que ocupou o cargo de assessora especial, Eliane recebia um salário de R$ 1.698,51 mais uma gratificação de representação de R$ 3.397,02, o que totalizava um salário bruto de R$ 5.095,53. Com os descontos, o valor efetivamente recebido era de R$ 4.187,59.

Procuradores

A Associação dos Procuradores do Município de Aracaju (APMAJU) entrou com um mandado de segurança contra a Prefeitura Municipal de Aracaju e o Instituto de Previdência do Município em decorrência dos constantes atrasos no pagamento dos salários dos procuradores municipais aposentados. O processo, protocolado na Justiça na sexta-feira (21), foi a última alternativa adotada pela instituição, uma vez que as negociações administrativas não avançaram.

Mandado de Segurança

Através do mandado de segurança impetrado (201600126056), a APMAJU busca assegurar o direito dos Procuradores municipais aposentados de perceberem seus proventos na data correta, conforme é previsto em Lei, bem como na própria Constituição Federal.

Polícia Civil

Em Assembleia Geral do Sinpol/SE, os membros discutiram e votaram a respeito do Estado de Greve. O delegado Geral de Polícia Civil, Alessandro Vieira, esteve presente durante parte da assembleia para discutir com a categoria o Projeto de Lei que trata regulamentação da carga horária ordinária e das horas extras para as atividades Policia Civil, bem como, da reestruturação do quadro de Cargos em Comissão e Funções Comissionadas e de Gestão das instalações físicas e equipamentos das Unidades Policiais Civis localizadas nas respectivas áreas integradas de Segurança Pública.

Greve?

Após o debate assembleia se deliberou para a votação da Pauta Única, e diante da omissão do Governo do Estado em responder de forma efetiva à questão da Proposta Salarial de Proporcionalidade dos Subsídios a categoria votou e a maioria decidiu pela entrada em estado de greve, indicando para o Governo que a qualquer momento pode paralisar as atividades e deflagrar a greve.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Telhado do Centro de Idosos de Estância prestes a desabar
Governador Belivaldo Chagas reúne gestores para alinhar estratégia de desenvolvimento do estado
Prefeitura de Barra dos Coqueiros realiza posse de 10 concursados da área de saúde  
Juíza Maria Angélica França e Souza é nova Desembargadora do TJSE