17/11/16 - 11:05:20

Vereador diz que “a prefeitura de Aracaju está matando os servidores”

Durante a sessão ordinária da manhã desta quinta-feira, 17, o vereador Lucas Aribé (PSB) utilizou o pequeno expediente para explanar sua indignação sobre a suspensão da prestação de serviço do Ipes Saúde para os servidores do município de Aracaju.

O parlamentar inicia seu discurso não sabendo como caracterizar esta decisão da retirada da prestação de serviço do Ipes Saúde do município. “A dívida é de R$ 3 milhões e os servidores dizem que têm a sua parcela do plano de saúde recolhida e a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) não repassa esse dinheiro. Isso está sendo dito pelos sindicatos e por aquelas instituições que apoiaram a gestão do prefeito João Alves, ao longo desses quatro anos. Essa dívida entre a PMA e o Ipes Saúde vem sendo acumulada desde o mês de julho”, indaga.

O vereador afirma que não tem mais paciência de ouvir, de ler e de acompanhar as informações publicadas referentes ao desgoverno da administração de João Alves Filho. “Com essa decisão da suspensão da prestação de serviço do Ipes Saúde, a PMA está simbolicamente ‘matando os servidores do município’. A população sofre porque não tem saúde, os servidores sofrem porque recebem salários atrasados e parcelados”, explana.

Lucas Aribé questiona sobre o que será dessas pessoas e da população que utilizam o Ipes Saúde. “Elas não têm condições de utilizar outro plano e um particular é muito caro e não cabe no bolso das pessoas. Hoje, o Tribunal de Contas vai votar e decidir se bloqueia ou não as contas da Prefeitura de Aracaju, faltando poucos dias para acabar a gestão e agora é que vem essa decisão. Eu repito: A Prefeitura está ‘matando os servidores do município’ de Aracaju, achando pouco o que já faz”, finaliza.

Por: Maraisa Figueiredo