Aracaju, 1 de dezembro de 2021

SERGIPANO CONQUISTA PRÊMIOS NA MAIOR FEIRA DE CIÊNCIAS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Docente do Colégio Estadual General Calazans, em Nossa Senhora das Dores, apresentará projeto de pesquisa em eventos nacionais e internacionais

Nilson Santos, professor do Colégio Estadual General Calazans, em Nossa Senhora da Dores, circunscrita à Diretoria Regional de Educação 5 (DRE 5), teve pesquisa intitulada Astrofotografia Alternativa premiada na 31ª Mostratec, a maior feira de ciências da América Latina.

Vale salientar que como resultado da participação na Mostratec, o projeto levou três premiações, duas das quais são credenciais para eventos de destaques nacional e internacional.

Dessa maneira, o docente já garantiu a participação na Mostra de Ciências do Norte e Nordeste (MOCINN), que acontecerá em 2107, no Maranhão, e também representará o Brasil na Politech, uma mostra científica que se dará no Paraguai.

Já a terceira premiação foi uma medalha de destaque na área de atuação do projeto, voltado à engenharia de materiais. O docente conta que já representou Sergipe em outras feiras científicas de renome.

“As premiações representam o reconhecimento de todo um trabalho realizado no projeto. A pesquisa conta com a participação do aluno José Matheus Gomes”, disse Nilson Santos.

Empenho do professor e interesse do aluno

Para a diretora da DRE 5, Maria Laurita Almeida, esse destaque é muito importante para o município de Nossa Senhora das Dores e para o Colégio Estadual General Calazans. Significa o esforço do professor no processo de ensino e aprendizagem.

“O reconhecimento representa o empenho do professor e o interesse do aluno ao participar da pesquisa. Além disso, demostra que cada vez mais Sergipe vem apresentando resultados exitosos no cenário educacional”, explicou a diretora.

Pesquisa

O estudo Astrofotografia Alternativa é destinado a astrônomos amadores que desejam obter imagens da lua, planetas, sistema solar, entre outros objetos cósmicos.

A pesquisa tem como proposta a captura de imagens de corpos celestes, utilizando uma webcam de computador adaptada, visando reduzir os custos da atividade, se comparados com os decorrentes do uso de câmeras profissionais à venda no mercado.

O estudioso diz que a meta é continuar desenvolvendo e aperfeiçoando o método de registro das astrofotografias para o uso posterior em exposições, catálogos e estudos científicos.

Ele agradece o apoio e a colaboração de todos que incentivaram a pesquisa, em especial Douglas Vinicius, que forneceu o modelo da webcam adotada, e David Maia, pela coorientação e envolvimento ativo nas diversas etapas da montagem do projeto.

A 31ª Mostratec aconteceu entre os dias 24 e 29 de outubro, na cidade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Norte, e contou com a participação de expositores de todos os estados brasileiros e de mais de 21 países.

Por Lívia Lessa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Construtora Celi e Valor Imobiliária lançam espaço na CasaCor Sergipe
Rodrigo Valadares é eleito a Tesoureiro Nacional do PTB
Transparência do município de Capela obtém nota máxima em avaliação do TCE
Estado e parceiros definem rota turístico-religiosa de Santa Dulce dos Pobres em Sergipe