24/11/16 - 09:48:03

TCE apresenta aos jurisdicionados novidades na área de tecnologia (Foto: Cleverton Ribeiro)

O Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, através da Diretoria de Modernização e Tecnologia, realizou a primeira reunião do I Encontro Técnico de Integração entre o TCE e os jurisdicionados, envolvendo os representantes das áreas financeira e de controle interno, nesta quarta-feira, 23, no auditório do Tribunal. O evento serviu para apresentar a implementação das mudanças de regras previstas no novo modelo de informes e prestação de contas ao TCE.

O presidente do TCE, conselheiro Clóvis Barbosa, que participou da abertura, destacou o trabalho de modernização que o Tribunal está implantando. “A partir de 2017, vamos manter o contato virtualmente com os nossos jurisdicionados. Não vai haver a necessidade do gestor vir aqui e protocolar documento. As notificações serão virtuais através de sistemas de TI. É uma nova ferramenta que estamos implementando para atingir aquela que faremos em julho de 2017, que será outra ferramenta de sistema online para acompanhar a administração dia-a-dia”, disse o presidente.

A apresentação foi ministrada pelo diretor de Modernização e Tecnologia do TCE, Cláudio Luiz da Silva. A padronização na utilização do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (Pcasp), que desde 2015 todos os entes públicos são obrigados a utilizar, foi um dos assuntos destacados. “É uma evolução na utilização deste plano de contas. Hoje, os jurisdicionados usam o plano de contas e o Tribunal um plano de contas também, mas é feito uma correlação entre um e outro. No novo modelo não há está correlação porque o plano é único para todos”, explicou o diretor.

Outra característica do novo modelo que melhora a qualidade da informação e a relação entre a Corte de Contas e as unidades jurisdicionadas é a autenticidade da informação. “Toda vez que o município for enviar a sua prestação vai autenticá-la com a certificação digital. E quando for ratificar ou autenticar a informação vai ter a possibilidade de ler aquilo que mandou”, esclarece Cláudio Luiz.

O terceiro destaque da palestra foi o Domicílio Eletrônico, que é um canal de comunicação nos dois sentidos. “O que o Tribunal de Contas quiser notificar ou informar ao jurisdicionado vai se via domicílio eletrônico. E, por sua vez, o jurisdicionado que responder ao Tribunal fará dentro do portal”, completa o diretor.

Na próxima segunda-feira, 28, haverá a segunda reunião do encontro, mas desta vez, com os setores de Tecnologia da Informação e Contabilidade. Outras reuniões poderão ser agendadas a depender das demandas que surgirem nos primeiros encontros técnicos.

TCE