Aracaju, 28 de novembro de 2021

Pessoas com Deficiência têm dia de capacitação e interação com empresas (Foto Marcelle Cristine)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

SuperAção acontece no dia 1º de dezembro, das 08h às 13h, no Núcleo de Apoio ao Trabalho e busca facilitar a integração e a permanência do trabalhador com deficiência no ambiente de trabalho

O Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT) da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) reuniu-se com a Superintendência do Trabalho em Sergipe para alinhar os últimos ajustes do evento intitulado “SuperAção – Intermediação e Qualificação de Pessoas com Deficiência e Reabilitados para o Trabalho”, que acontecerá no dia 1º de dezembro, das 08h às 13h no NAT Matriz.

O evento se propõe a disponibilizar conhecimento através da troca de experiências que levem à implementação de boas práticas de acessibilidade, facilitando a integração e a permanência do trabalhador com deficiência no ambiente de trabalho. Para tanto, também participam da ação o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Senac, Senai, Instituto Iluminar, INSS, Ministério Público do Trabalho, e as Universidades Federal de Sergipe e Tiradentes, que atuarão conjuntamente para a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho sergipano.

Durante a programação, haverá a emissão de Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS), orientação previdenciária, divulgação de cursos e dos direitos das Pessoas com Deficiência (PCD), além de balcão de empregos e intermediação de mão de obra. Segundo a coordenadora estadual do Trabalho e Emprego da Seidh, Sandra Magna Rezende, no ano passado foram ofertadas mais de 100 vagas para PcDs durante a ação.

“Depois das palestras, houve o encaminhamento do público presente para cadastro no sistema e preenchimento dessas vagas e, em seguida, as pessoas já saíram com a carta de encaminhamento para a inserção no mercado de trabalho”, conta. Sandra diz que exclusivamente no dia 1º, as atividades do NAT estarão suspensas para o público em geral, estando disponíveis apenas para público PcD. “O atendimento geral será restabelecido no dia seguinte ao evento”, enfatizou.

O evento cumpre uma demanda do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), que anualmente promove o “Dia D”, uma paralisação nacional em que todos os estados brasileiros realizam ações voltadas para as pessoas com deficiência.

“O NAT disponibilizará atendimento exclusivo para as pessoas com deficiência, com o objetivo de fazer a intermediação de mão de obra através da captação dessas vagas para elas. Traremos parceiros para um momento importantíssimo, no qual o empregador vai ter contato direto com o candidato à vaga”, pontua Sandra. Ela ressalta, ainda, que esse trabalho é desenvolvido de forma contínua pelo NAT.

Legislação

Desde 2011, a pessoa com deficiência coberta pelo Benefício da Prestação Continuada (BPC) e que ingressa no mercado de trabalho, tem o seu benefício suspenso. Mas, o provento pode ser reativado normalmente em caso de perda do emprego ou atividade remunerada, sem que seja necessário fazer nova requisição. Basta ir até uma Agência da Previdência Social e comprovar que não está mais trabalhando ou que encerrou o período de recebimento do seguro desemprego. No caso do Contrato de Aprendizagem Profissional, existe a possibilidade de o beneficiário do BPC acumular o salário de aprendiz com o benefício por até dois anos. A pessoa com deficiência, a partir de 14 anos e sem limite superior de idade, pode ser contratada como aprendiz, sem exigência de escolaridade.

ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Políticos e lideranças defendem Mitidieri e só a “bolha” prefere Edvaldo! 
Beneficiários da tarifa social terá bandeira verde em dezembro
PC prende investigado por homicídio praticado em São Cristóvão
Espetáculo  Parada de Natal é uma das atrações deste sábado