Aracaju, 28 de novembro de 2021

Três empresas conquistam Prêmios MPE Brasil e PEXSE (Foto assessoria)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Elas se destacaram pela excelência nas práticas de gestão de seus negócios

Três empresas sergipanas foram reconhecidas na noite desta quarta-feira pela excelência nas práticas de gestão em seus negócios. A Alúmen Esquadria de Alumínios foi a grande vencedora da etapa estadual do Prêmio MPE Brasil 2016, enquanto a Ortoplan Sergipe e a Jotanunes Construtora conquistaram o Prêmio PEXSE ciclo 2015/2016.

Criada há oito anos pelo empresário Natanael Cavalcante, a Alumen tem sede em Aracaju e atua no mercado de fabricação de esquadria de alumínios, com foco no segmento da construção civil. É a segunda vez que a companhia conquistou a premiação.

“ Em 2009 ganhamos o prêmio e desde então não medimos esforços para melhorar ainda mais as nossas práticas de gestão. Ao longo desse tempo investimos em conhecimento para melhorar os nossos processos e trazer mais satisfação aos clientes”, explica Natanael.

Este ano, 779 micro e pequenas empresas ligadas aos setores de comércio, serviços, agronegócios, indústria, serviços de turismo, saúde, educação e tecnologia da educação participaram do MPE.

O Prêmio

O MPE Brasil é anualmente promovido pelo Sebrae, Movimento Brasil Competitivo, Gerdau e Fundação Nacional de Qualidade (FNQ) e tem como objetivo valorizar as experiências que promovem o aumento da produtividade nos negócios por meio da disseminação de conceitos e técnicas de gestão.

“ A ideia do prêmio é reconhecer o trabalho daqueles que mais se preocupam com a gestão dos negócios. Esse é um tema que tem conquistado cada vez mais espaço no dia a dia das empresas, ainda mais em um momento de crise. Investir na gestão é um importante passo para a empresa se destacar em um mercado cada vez mais competitivo”, destaca o gestor estadual do Prêmio e gerente da Unidade de Auditoria e Controle Interno do Sebrae em Sergipe, Adeílson Graça Leite.

As organizações são avaliadas pela qualidade da administração, capacidade inovadora e equilíbrio entre os critérios de excelência, tendo como base o Modelo de Excelência da Gestão (MEG), da FNQ, sustentado em 11 fundamentos: pensamento sistêmico; aprendizado organizacional; cultura da inovação; liderança e constância de propósitos; orientações por processos e informações; visão de futuro; geração de valor; valorização das pessoas; conhecimento sobre o cliente e mercado; desenvolvimento de parcerias; e responsabilidade social.

Participam do MPE Brasil micro e pequenas empresas com receita bruta anual de até R$ 3,6 milhões e com pelo menos um ano fiscal. Os vencedores estaduais disputam a etapa nacional, participam do evento de reconhecimento e de um seminário a ser realizado em Brasília em 2017.

PEXSE

Já o Prêmio de Excelência Sergipe (PEXSE) é organizado pelo Movimento Competitivo Sergipe (MCS) e assim como o MPE Brasil busca reconhecer o esforço das empresas sergipanos para melhorar o seu processo de gestão com base nos critérios do modelo difundido pela Fundação Nacional de Qualidade.

O PEXSE é dividido em três categorias: nível 1 (primeiros passos para a excelência), nível 2 (compromisso com a excelência) e nível 3 (rumo a excelência). Podem participar da disputa todas as organizações públicas, privadas, sem fins lucrativos e de capital misto nacional ou estrangeiros, de qualquer porte ou segmento. O Prêmio é considerado o passo seguinte ao MPE-Brasil.

Este ano a Ortoplan Sergipe conquistou o prêmio no nível 1, enquanto a Jotanunes Construtora foi reconhecida como vencedor da categoria 3, rumo a excelência.

Segundo o presidente da Jotanunes, a conquista é resultado de um intenso trabalho de mobilização de colaboradores e preocupação contínua com a busca por melhorias.

“ Isso nos estimula a aperfeiçoar ainda mais o trabalho que vem sendo desenvolvido e mostra que estamos no caminho certo. A preocupação com a melhoria da gestão é algo que está no DNA da empresa. Esperamos que com essa conquista outros empreendimentos do nosso setor também se sintam estimulados a participar do prêmio”, ressalta Paulo Roberto Nunes.

Por Wellington Amarante

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Inscritos no Enem fazem neste domingo segundo dia de provas
Covid-19: Aracaju vacinou 17.398 mil pessoas nesta semana
Vice-governadora conhece serviços da Casa Mulher em Itabaianinha
Senador Alessando Vieira protocola emenda substitutiva para barrar interesses individuais