Aracaju, 1 de dezembro de 2021

“Não podemos continuar tendo a pior educação do país”, afirma deputado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

“Está todo mundo errado, deputado está errado, professor está errado, Sintese está errado, Governo está errado, quanto ao problema da Educação em Sergipe. Ou pensa desse jeito ou nós vamos continuar daqui a 300 anos com a mesma história no pé do ouvido: é a escola que não presta, é o professor que ganha mal, é a greve”. O desabafo foi feito pelo presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (PMDB), ao encerrar a palestra da secretária de Educação em exercício do município cearense de Sobral, Iracema Rodrigues Sampaio de Souza, sobre o modelo de educação considerado um dos melhores do país.

De acordo com Luciano Bispo, alguém precisa começar a mudar o pensamento da Educação em Sergipe. “Fui prefeito de Itabaiana quatro vezes, talvez tenha errado com a Educação do meu município, mas ouvir é bom, discutir é bom porque ninguém é dono da razão. Temos que saber falar, mas Deus nos deu o dom de ouvir. Como diz José Carlos Machado, o homem que mais sabe ouvir em Sergipe é Luciano Bispo. E eu sei ouvir, eu sei os meus defeitos e eu recuo quando erro”, ressalta.

O presidente da Alese reafirmou que se ficarem só reclamando, Sergipe continuará tendo os piores índices na Educação do Brasil.

“Se nós ficarmos aqui em Sergipe reclamando de uma coisa, reclamando não vamos a lugar nenhum. Culpado é a escola, culpado é o prefeito, culpado é o Sintese, é a greve. Precisamos é sentar e mostrar que está tudo errado. Sabem contestar, mas não sabem ouvir. Chega. Vamos sentar e vamos num espaço de três, quatro anos, transformar a Educação de Sergipe, na Educação de Sobral. Não podemos é continuar tendo a pior educação do Brasil. Chega disso. A responsabilidade é de nós todos”, entende.

Luciano Bispo enfatizou ainda: “Se a escola está com um índice ruim, cobram a reforma e com dois anos está com o mesmo índice ruim da educação, então não é a reforma. Nós temos que aprender fazer uma educação melhor para os sergipanos, para os nossos filhos. É preciso que todos tenhamos o cuidado e a vontade de melhorar o ensino no Estado de Sergipe”, diz enfatizando que a palestra sobre a Educação em Sobral foi muito proveitosa.

Por Agência de Notícias Alese

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Construtora Celi e Valor Imobiliária lançam espaço na CasaCor Sergipe
Rodrigo Valadares é eleito a Tesoureiro Nacional do PTB
Transparência do município de Capela obtém nota máxima em avaliação do TCE
Estado e parceiros definem rota turístico-religiosa de Santa Dulce dos Pobres em Sergipe