Aracaju, 6 de dezembro de 2021

Amese desmente informação sobre autor de solicitação de liminar (Foto ascom)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A AMESE, Associação dos Militares do Estado de Sergipe, vem emitir nota de esclarecimento sobre vídeo que anda circulando nas redes sociais, sobre a liminar conseguida em sede de Mandado de Seguraça pela assessoria jurídica da entidade, através do advogado Dr. Plínio Karlo, onde o Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe determina que o Sergipeprevidência e o Governador do Estado, cumpram a obrigação de pagar os proventos dos substituídos, com pontualidade, até o último dia útil de cada mês, sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais), a ser suportada pessoalmente pelos Impetrados, além de incorrerem no crime de desobediência.

A ação foi proposta única e exclusivamente pela AMESE, sem auxílio ou apoio de “terceiros”, o que pode ser comprovado através de uma simples consulta do processo nº 201600118474 junto ao site do TJSE, onde consta como impetrante, única e exclusivamente a Associação dos Militares do Estado de Sergipe (AMESE).

Aracaju/SE, 14 de novembro de 2016.

ALEXINALDO SANTOS BORGES

Presidente do Conselho Fiscal da AMESE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia combate roubos de produtores agrícolas em Canindé
PMA abre inscrições de 900 vagas em oficinas online da Fundat
Horários de vacinação contra a Covid em drive-thru e unidades de saúde são alterados
Câmara de Canindé aprova Título de Cidadão para Sales Neto