Aracaju, 28 de novembro de 2021

MNSL completa 10 anos de assistência materno-infantil de alto risco (Foto ascom)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Apenas nos últimos dois anos, a unidade já registrou 33.241 atendimentos e 11.542 partos, sendo 5.826 normais e 5.716 cesarianos

Inaugurada em 28 de dezembro de 2006 e em operação desde 03 de dezembro de 2007, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) é responsável pelo acolhimento de gestantes e parturientes de alto risco, bem como bebês que tenham nascido de forma prematura ou com alguma patologia associada à gestação. Apenas nos últimos dois anos, a unidade já registrou 33.241 atendimentos e 11.542 partos, sendo 5.826 normais e 5.716 cesarianos.

Atualmente, a Maternidade tem quadro funcional composto por 1.100 colaboradores em diversas categorias médicas e não médicas, com a oferta de cursos e capacitações constantes, objetivando promover uma melhor assistência ao paciente.

Atuando na MNSL há oito anos, a técnica de enfermagem Aurilene Gomes fala com orgulho da instituição. “Todos nós profissionais somos sempre lembrados nas capacitações sobre como é importante oferecer atendimento individualizado e humanizado a cada paciente. Sinto muito orgulho de trabalhar na instituição, não somente pelos profissionais muito bem instruídos, como também pelo sorriso de satisfação dos pacientes”, falou.

O superintendente da Maternidade, Luís Eduardo Correia, informa que, durante o internamento, a unidade preza pelo atendimento individualizado e humanizado. “Essa medida garante a satisfação e segurança de mães e bebês”, destaca.

Estrutura e parque tecnológico

Na MNSL estão disponíveis 45 leitos obstétricos clínicos e 27 cirúrgicos, além de 34 leitos de Unidade de Terapia Intensiva neonatal (UTIn). A maternidade possui parque tecnológico moderno para manter os cuidados especializados e assistência segura aos pacientes, o que ajuda na diminuição das taxas de mortalidade e promove uma recuperação mais rápida para os recém-nascidos. Ainda na Utin é ofertado atendimento médico especializado nas áreas de: neuropediatria, cardiologia, nefrologia, pneumologia, cirurgia pediátrica e genética.

“O cuidado na UTIn é fundamental para que o meu filho Miguel esteja hoje forte e saudável. Os equipamentos e, claro, os profissionais, fizeram todo o diferencial no tratamento”, afirma Maria Glória.

A Unidade de Cuidados Intermediários (Ucinco) conta com 25 leitos oficializados pelo Ministério da Saúde. “O setor é destinado ao recém-nascido de baixo risco que necessita de recursos físicos e humanos especializados para prestação de cuidados médicos hospitalares constantes. A Ucinco é indicada para o bebê prematuro ou de baixo peso que precisa de tratamento, apesar de apresentar um quadro estável de saúde”, explica a coordenadora da Utin da MNSL, Thereza Azevedo.

Já a Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (Ucinca) conta com 24 leitos. O setor é destinado ao cuidado com o recém-nascido de baixo peso que fica alojado juntamente com a mãe, recebendo cuidados de forma especializada e humanizada.

Assistência continuada

Na Nossa Senhora de Lourdes também estão dispostos dois importantes serviços. O ‘Método Canguru’ e o ‘Ambulatório de Follow UP’. “O Método Canguru consiste no ganho de peso dos bebês prematuros. Após a alta da UTIn, os bebês são encaminhados para a ala verde, onde mantêm o contato pele a pele com as mães. “O ‘Canguru’ também ajuda a promover o vínculo entre a mãe e o filho”, explica o médico especialista em neonatologia, Alex Santana.

Já o Ambulatório de Retorno do Recém-nascido de Alto Risco (Follow up) é responsável por garantir o suporte aos bebês nascidos de forma prematura ou que apresentam alguma patologia, inclusive os recém nascidos com Microcefalia oriundos do interior do estado, até os dois anos de idade.

“O bebês prematuros são encaminhados ao Follow UP assim que recebem alta médica da MNSL. No setor, é incentivada a manutenção da rede social de apoio, além de corrigir as situações de risco que o bebê possa estar passando, como ganho inadequado de peso, sinais de refluxo, infecção e apnéias, além de orientar e acompanhar tratamentos especializados e o esquema adequado de imunizações”, ressalta a gerente do ambulatório de Follow UP, Magda Doria.

Outros serviços

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes assegura o direito da certidão de nascimento através do serviço de Cartório. “O atendimento é gratuito e os pais podem registrar as crianças nascidas no local. Ele é interligado aos 13º e 15º Cartórios de Registro, através de um sistema online. O processo de emissão das certidões é rápido e não dura mais que 20 minutos”, revela a referência técnica do setor de serviço social, Fátima Andrade.

Outro destaque da Maternidade é o serviço de atendimento às pessoas em situação de violência sexual. Tudo acontece através de uma rede integrada de assistência baseada nos direitos universais, de acordo com o que preconiza a Organização das Nações Unidas (ONU). No local, o paciente tem acompanhamento psicológico (constante até a alta), ginecológico e social, a profilaxia de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e profilaxia de gravidez (casos de violência sexual). Em casos de gravidez indesejada proveniente de violência sexual, a MNSL é referência em Sergipe para interrupção destes casos, conforme previsão Legal.

M.S.T.R, 20, sexo feminino, foi uma das pacientes já assistidas no ambulatório do serviço. Ela conta que os cuidados ofertados pelos profissionais foram muito importantes para a recuperação dela. “Tudo aconteceu de forma sigilosa. A atenção dos profissionais foi muito importante, pois através deles eu me senti muito segura”, declarou.

ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Inscritos no Enem fazem neste domingo segundo dia de provas
Covid-19: Aracaju vacinou 17.398 mil pessoas nesta semana
Vice-governadora conhece serviços da Casa Mulher em Itabaianinha
Senador Alessando Vieira protocola emenda substitutiva para barrar interesses individuais