Aracaju, 5 de dezembro de 2021

TCE FAZ RECOMENDAÇÃO AOS BANCOS SOBRE CONTAS DE PREFEITURAS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) enviou Ofício aos gerentes dos bancos que mantêm as contas das prefeituras e câmaras municipais sergipanas atentando para uma série de recomendações neste final de mandato.

No ofício, a Corte de Contas solicita que todas as agências do Banese, da Caixa Econômica e do Banco do Brasil adotem medidas visando impedir a indevida utilização de valores depositados nessas contas.

A primeira orientação é para que impeçam a realização de saques em espécie a partir de todas as contas bancárias das prefeituras e câmaras sem que haja a identificação do destinatário pelo CPF/CNPJ. Em relação às situações excepcionais, que se permita apenas retiradas em espécie inferiores ou iguais a R$ 800,00.

Fica ainda terminantemente proibido o recebimento de cheques nominais à própria prefeitura municipal ou câmara de vereadores, ou a órgãos da administração direta e indireta do Estado.

Outra das recomendações é no sentido de que esses recursos permaneçam mantidos apenas nas respectivas contas específicas, até que sejam retirados exclusivamente mediante crédito em conta corrente das pessoas destinatárias dos valores (prestadores/fornecedores), as quais devem ter seus nomes, conta bancária e CPF/CNPJ identificados pelo banco, inclusive no corpo dos extratos.

Também se recomenda aos bancos que não realizem operações de TEDs, DOCs e transferências com destinação não sabida, ou movimentações por meio de rubricas genéricas, como “pagamentos a fornecedores” e “pagamentos diversos”. E que se impeça qualquer operação de débito a partir das contas das prefeituras e Câmaras sem que haja a identificação do destinatário pelo CPF/CNPJ e conta corrente.

O Ofício destaca ainda que, caso seja comprovado o descumprimento às recomendações, o fato será imediatamente comunicado, conforme a origem dos recursos, ao Ministério Público Federal e/ou Estadual para que, no âmbito de suas competências, adotem as medidas processuais pertinentes em face dos gerentes das agências bancárias.

TCE

Foto Cleverton Ribeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Assédio é principal violência a meninas em ambiente virtual
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica
Simão Dias receberá Centro de Especialidades Médicas e Base do Samu  
Espetáculo circense é uma das atrações do Natal Iluminado