Aracaju, 29 de novembro de 2021

Jackson entrega mais de R$ 28 milhões em investimentos no interior (Foto: Jorge Henrique)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em Lagarto foram entregues o Balneário Bica e o Mercado Municipal, ambos reformados e revitalizados. Em Tobias Barreto, o governador inaugurou a nova entrada do município, a Avenida Prefeito Dr. José Aírton de Andrade

A população do Centro-Sul sergipano recebeu nesta quinta-feira, 29, três obras que vão alavancar o turismo, a economia e o desenvolvimento da região. O governador Jackson Barreto esteve em Lagarto para entregar o Balneário Bica e o Mercado Municipal, ambos reformados e revitalizados. Já em Tobias Barreto, foi inaugurada a nova entrada da cidade, facilitando a mobilidade e promovendo mais segurança, conforto, e praticidade para moradores e visitantes. Ao todo, foram investidos R$ 28.992.191 nas três intervenções, sendo uma delas com recursos do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste).

O Mercado Municipal de Lagarto José Corrêa Sobrinho ganhou estrutura nova e moderna, ampliando a variedade de produtos comercializados, e proporcionando praticidade, higiene e melhoria dos serviços ofertados. Foram R$ 19.150.000, recursos do Proinveste, investidos na construção de 521 boxes para venda de carnes, miúdos diversos, pescados, aves, suínos, cereais, legumes, verduras e frutas, divididos entre dois pavimentos.

“É uma alegria inaugurar uma obra fundamental para o município de Lagarto, uma cidade importante para o nosso estado pela força da sua economia e do seu povo, que recebe uma obra de quase R$ 20 milhões. Acho que Lagarto tem hoje o mercado mais moderno do Nordeste. Muito mais bonito e arejado. Uma obra dessas levanta a autoestima dos lagartenses, faz com que sintam-se mais felizes e traz um retrato de um trabalho que foi feito em parceria, Governo do Estado e Prefeitura, pois toda essa área pertencia à prefeitura”, disse o governador.

Para a dona de casa Lourdes Rodrigues, era um sonho do povo ver o mercado arrumado. “Após a reforma e ampliação, a estrutura de antigamente não chega aos pés dessa. Esse espaço vai organizar o comércio local e vou querer fazer minha feira nele. Acredito que o mercado vá ficar bastante movimentado, de modo que entre mais dinheiro no município”, destacou.

O desejo da assistente operacional Laís de Jesus é que, a partir da inauguração do mercado, sejam gerados mais empregos. Já a aposentada Célia Santana espera que as pessoas conservem o local. “Nasci e me criei aqui em Lagarto, e lembro que o mercado era péssimo e estava em situação precária. Para mim, valerá a pena vir fazer minhas compras aqui”, complementou.

Com o objetivo de armazenar a carne bovina, foi edificada uma câmara frigorífica, com capacidade para 120 bois. O projeto inicial do mercado, segundo conta o secretário estadual de Infraestrutura, Valmor Barbosa, previa uma câmara frigorífica para apenas 30 bois, mas, devido a pujança do comércio, houve um pedido local pela adequação do projeto. “O mercado precisava de grande intervenção. Agora o centro comercial tem bancas com o que há de mais moderno e conforme regulamentação da Vigilância Sanitária. Há praticamente um mini shopping dentro do mercado, pois este conta, por exemplo, com praça de alimentação, posto policial e área de contemplação”, acrescentou. Valmor ainda disse que, com recursos Proinveste, já foram concluídas obras que somam mais de R$ 50 milhões e há mais R$ 200 milhões investidos em intervenções em andamento.

Situado na rua Laudelino Freire, próximo à principal avenida e a uma das mais importantes praças da cidade, o mercado atende às normas de acessibilidade, com sanitários exclusivos para pessoas com deficiência nos três blocos de banheiros, rampas de acesso, dentre elas uma espaçosa ligando os dois pavimentos. Há também aplicação de piso tátil direcional e de alerta.

O engenheiro da Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop), Marcos Pinheiro, explicou que a estrutura antiga do mercado não atendia aos preceitos da Vigilância Sanitária, englobava só a venda de carnes e estava tão deteriorada, que acabou sendo embargada. “Atualmente, além da câmara frigorífica que é oferecida, os box têm refrigeração. Na parte de venda de hortifrúti, as bancas padronizadas têm prateleiras, lavatórios e bancadas. Vai ser o mercado modelo do estado e vai atrair gente de vários municípios, visto que o comércio lagartense é muito forte, principalmente às segundas, que é o dia de feira”, pontuou.

De acordo com o prefeito de Lagarto, Lila Fraga, o mercado vai enaltecer mais a cidade. “Além disso, vai dar mais conforto aos feirantes e usuários. Só tenho que agradecer ao governador Jackson Barreto, que teve a audácia de construir esse mercado e ainda me dar o prazer de inaugurar nessa gestão”. O ex-prefeito Jerônimo Reis também agradeceu ao governador e disse que, por meio de reivindicação da cidade, o governo executou a obra do centro comercial.

Para atender aos usuários dos dois módulos, ao todo foram construídos 12 banheiros masculinos e dez femininos. Em volta da área externa há 11 quiosques, estacionamento com 69 vagas para veículos, área para carga e descarga de caminhões, além de projeto paisagístico com implantação de árvores nativas da região. No pavimento superior, há praça de alimentação com 28 lanchonetes, setor administrativo, ponto bancário, posto da guarda municipal, câmara fria e ambulatório. Sem contar que, em todo espaço os usuários irão dispor de vista panorâmica da cidade.

Durante a solenidade de inauguração do mercado, o governador lançou a proposta de construção, em Lagarto, de monumento em homenagem ao ex-governador Marcelo Déda, incluindo a colocação de uma placa em bronze listando as obras que ele levou para o município. “Foi ele quem trouxe a Universidade Federal de Sergipe, o saber, o hospital de Lagarto e o futuro da juventude. Gostaria que Déda estivesse vivo para ver essa obra do mercado. Cumpri a palavra dele e sei que, de onde ele estiver, estará feliz”, complementou.

O Mercado Municipal José Corrêa Sobrinho homenageou um filho de Lagarto que, durante mais de 60 anos, dedicou a vida ao ramo comercial. De acordo com sua filha e vereadora municipal, Emília Correia, a homenagem é emocionante. “Meu pai é filho de lagartense, era respeitado pela população e criou a família toda aqui. Ele tem uma história linda de integridade. Em nome da família Correia, temos gratidão ao senhor governador. Essa homenagem vai ser levada no coração e vai ficar eternizada em Lagarto”.

Bica

O Balneário José Agnaldo Silva, conhecido como Balneário Bica, faz parte da história de Lagarto e sagrou-se ponto turístico e de lazer do município. Por falta de manutenção, o local ficou deteriorado. Porém, a partir de R$ 6.250.000 de investimento, o Governo do Estado revitalizou a área, proporcionando que moradores e visitantes tenham acesso a um ambiente múltiplo, com bosque, áreas para prática esportiva, piscinas, restaurantes e muitos outros atrativos.

Ao entregar a obra, Jackson Barreto lembrou da promessa do ex-governador Marcelo Déda em reformar o Balnerário. “Quando Déda veio entregar a clínica de saúde, prometeu reformar a Bica e cumprimos a promessa. Hoje estamos entregando essa obra, que foi muito cobrada e estimulada pelo prefeito Lila. Estou feliz porque cumpri meu compromisso com esse município. Peço que aproveitem essa área de lazer bonita, que façam bom uso desse lugar que considero o cartão de visitas daqui. A Bica está bonita e é a área de lazer do povo”, destacou.

O prefeito Lila contou que a obra ficou paralisada por um tempo, mas que Jackson deu agilidade. “Tenho certeza que a população de Lagarto vai ficar muito satisfeita com o Balneário e que vai saber agradecer ao governador”.

As lembranças da Bica, antes do fechamento provisório, ficaram na mente do agente de trânsito Roberto Menezes, que acredita na importância da revitalização do balneário. Ele comenta que antigamente o local era movimentado e ônibus traziam visitantes de outros lugares para conhecer a área de lazer.

Para Célia Santana, a Bica volta a ser cartão postal de Lagarto. “Lá poderei praticar atividade física, meus quatro netos poderão brincar, e vai ser um espaço para o pessoal se divertir, principalmente o mais humilde”, declarou. Já Lourdes Rodrigues comentou que, com a revitalização do balneário, o município volta a contar com área de lazer aos sábados e domingos.

O mestre de obras Paulo Apolinário trabalhou na revitalização do balneário e surpreendeu-se com o resultado. “Nunca vi obra tão bonita em Lagarto. Se morasse no município, iria frequentar o local. Aqui há o maior minante do estado e estão plantadas espécies como o pau brasil, ipês amarelo e roxo, e sucupira. É um cartão postal, com estrutura totalmente acessível, dotada de rampas e piso direcional”, comentou.

Localizado às margens da avenida Contorno (rodovia SE-270), os serviços de revitalização e ampliação têm alguns destaques, como o acréscimo da quantidade de piscinas, totalizando três e sendo uma delas destinada ao público infantil, construção de dois restaurantes, posto policial, duas quadras esportivas, quatro chafarizes, bica para que os visitantes tomem banho, posto médico, parque infantil, quiosques, espaços para prática de atividades físicas, ciclovia, palco e pracinhas.

Além dessas intervenções, ainda houve reforma do anfiteatro e da antiga guarita, construção de pórtico, bloco administrativo, dois blocos de banheiros (12 sanitários em cada um), seis quiosques (dois para a venda de cocos e quatro destinados a piqueniques), 45 bancos de concreto espalhados, novas instalações elétricas e hidráulicas, casa de bombas e de lixo. Dos 27.089,81 m² de área, 2.569m² são de espaço construído. O balneário recebeu 15 painéis de autoria do artista plástico José Fernandes, natural de Lagarto.

No bosque foram preservadas as dezenas de espécies de árvores existentes (entre elas amendoeiras, jenipapeiros, mangueiras, palmeiras e mulungu), realizada limpeza da vegetação, além do plantio de diversas mudas, como palmeiras imperiais, pau-ferro e grande número de plantas nativas. Ainda na área verde, foi construído mirante e espaço de convivência, sem contar que em todo o espaço do balneário foram plantados 2.600m² de grama verde-esmeralda.

O secretário Valmor Barbosa explicou que, em sua concepção original, o Balneário contava com uma piscina retangular grande e que, devido a sua localização ser próxima a vegetação e a ventilação local, as folhas caiam dentro d’água. Ele explica que o novo projeto adequou essa questão, de modo a alterar a localização da piscina, ampliando-a para três espaços.

Com relação a acessibilidade do Balneário, no local foi aplicado piso direcional em toda a área, construídos quatro banheiros e quatro chuveiros adaptados, além de diversas rampas, de modo que pessoas com deficiência terão acesso a todos os ambientes do balneário. Para iluminação do espaço, foram instalados 23 postes de 16m com luminárias de quatro pétalas e 66 luminárias decorativas com capacidade para uma, duas e quatro lâmpadas.

Clésia Almeida é filha do homenageado José Agnaldo Silva e diz que a família ficou lisonjeada por ele ter nomeado o local de lazer. “Meu pai sempre foi uma pessoa muito simples, honrada, que respeitava o próximo. Espero que as pessoas aproveitem esse espaço, que ficou muito bonito”, pontuou.

Para o vendedor José Camilo de Azevedo, a Bica vai oferecer mais uma oportunidade para aumentar sua renda. “Vai ser ponto de muita movimentação e de valorização da cidade. Acredito que vou ter muitos clientes aqui e vou melhorar minha renda. Aqui era um espaço esquecido e agora é o cartão postal de Lagarto. Essa inauguração é um presente de Natal para os lagartenses”.

Segundo o governador a partir da data de hoje, a administração tanto da Bica, quanto do Mercado passam para as mãos da Prefeitura de Lagarto.

Mais investimentos

Ainda em Lagarto, o governador comentou sobre mais investimentos destinados ao município. Um deles está voltado a obras de esgotamento sanitário. De acordo com Jackson, são R$ 95 milhões apenas para esta intervenção. “Isso é modernidade e a oportunidade de oferecer esse serviço a um município do porte de Lagarto que não tinha esgotamento”, pontuou.

Paralelo a isso, Jackson também citou que o governo está concluindo projeto de ampliação da rede de abastecimento de água de Lagarto. “Quando foi construída, foi para uma cidade de 50 mil habitantes. Agora a sede municipal tem 100 mil habitantes. O investimento é de cerca de R$ 85 milhões. Somando o Mercado, a Bica, esgotamento sanitário e abastecimento, significa um investimento de mais de R$ 200 milhões em Lagarto. Ou seja, o governo demonstra seu amor, carinho e preocupação com o município”.

Tobias Barreto

Em Tobias Barreto, Jackson Barreto inaugurou a nova entrada do município, a Avenida Prefeito Dr. José Aírton de Andrade (Rodovia SE-170), que recebeu iluminação pública, duplicação, pavimentação e urbanização. A obra de mobilidade oferece mais segurança e comodidade para quem trafega pela rodovia, e também valoriza a localidade. Foram destinados R$ 3.592.191, oriundos do Programa Sergipe Infraestrutura, para a intervenção que mudou a face municipal.

Da invisibilidade para a valorização comercial. Foi desse jeito que o projetista de móveis Fábio Alves visualizou a realização da obra. Ele conta que a via situada à frente do estabelecimento onde trabalha era intransitável e os comércios ao lado do dele não eram notados. “A estrutura em frente ao meu negócio ampliou por conta da intervenção. Agora, a entrada da cidade é outra. Está linda e organizada, com estrutura que surpreende cada vez mais. Essa obra mudou a perspectiva da cidade. Todos os comércios tiveram valorização mais que dobrada e conseguimos mais clientes depois”, ressaltou.

Na visão do alinhador de carros Marcílio Oliveira, a obra de mobilidade trouxe mais segurança. “Antes o acesso a Tobias Barreto era ruim e tinha muitos buracos. Agora estamos mais livres de acidentes. Estávamos todos ansiosos por essa inauguração, afinal, a cidade fica muito mais bonita com essa intervenção. Não são todos que têm uma entrada como essa”, disse. A funcionário pública Deiveyanne Ribeiro apontou outros benefícios. “A nova entrada de Tobias Barreto promove desenvolvimento para a cidade e influencia no comércio local. Há muito tempo aguardávamos por isto”.

Conhecida por ser o maior polo têxtil sergipano, a região passou por intervenção que corresponde à duplicação de 1,4 km da rodovia SE-170, especificamente nas proximidades da rua Itabaianinha e do conjunto dos Servidores (principal acesso ao município). A obra iniciou na ponte sobre o rio Jabiberi e foi até o acesso ao município de Poço Verde – entroncamento da rodovia SE-295.

O Governo do Estado também se preocupou em implantar iluminação no canteiro central do trecho da rodovia duplicado. São 25 postes com quatro pétalas e lâmpadas de 400W de vapor sódio.

O jardineiro Antônio Silva trabalhou durante a intervenção e conta seu ponto de vista. “Vou guardar em minhas lembranças que eu fiz parte dessa obra. Para mim, isso é gratificante. Não imaginei que a entrada do município fosse ficar assim, e eu nunca vi aqui em Sergipe uma estrutura como essa. É um orgulho para Tobias Barreto”, finalizou.

Habitação

Também em Tobias Barreto, Jackson Barreto visitou as obras dos conjuntos habitacionais Agripino Bernardo I e II, frutos da parceria do Governo de Sergipe com o Governo Federal, que estão sendo construídos por meio da Caixa Econômica Federal. São 610 casas, no bairro Julieta Barreto de Menezes, que correspondem a um investimento total de R$ 43.495.451 e recebem recursos do Fundo de Arrendamento Residencial – FAR.

Os conjuntos habitacionais, Agripino Bernardo I e II fazem parte do programa Minha Casa, Minha Vida e receberam toda a infraestrutura necessária para o bem estar dos futuros moradores. O Conjunto Habitacional Agripino Bernardo I receberá 400 unidades, e a segunda parte será composta por 210 residências.

O Agripino Bernardo I está situado às margens da Rodovia SE 170, e será composto por quadras e casas com sala, dois quartos, cozinha e área de serviço. Das 400 unidades, 12 serão destinadas a pessoas portadoras de deficiência.

Na área de infraestrutura, que engloba obras como sistema de tratamento de esgoto, redes de drenagem pluvial e de abastecimento de água, pavimentação granítica e implantação de meio-fio, além dos serviços bases para a implantação do sistema de iluminação pública, o Governo do Estado investiu um total de R$ 6.172.852,76.

O conjunto Agripino Bernardo II, localizado ao lado do primeiro, será composto por 210 residências, com sete casas adaptáveis para pessoas com deficiência física, e um investimento total de R$2.552.598,30 em infraestrutura, contemplando a construção de uma praça com quadra esportiva.

O primeiro conjunto já está com 99% das obras executadas, e aguarda apenas a vistoria da Caixa para a entrega. Já no segundo, as habitações estão concluídas e estão em fase de vistoria final.

ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Estudantes  universitários de Carira recebem ônibus adquirido com emenda de Alessandro Vieira
Hospital de Urgências de Sergipe abre processo seletivo de 16 vagas para Residência Médica
Gracinha participa de 24ª Conferência Nacional da Unale
PMA promove cenário musical por meio de políticas públicas