Aracaju, 29 de novembro de 2021

MÉDICOS DO MUNICÍPIO RETORNAM ATIVIDADES NOS POSTOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Após o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, abrir o canal de diálogo com os médicos do Município, a categoria, que estava em greve há mais de um mês, retornou às atividades na manhã desta segunda-feira, 9, e os atendimentos nas Unidades de Saúde da Família (USFs) já estão transcorrendo normalmente. Além disso, os serviços básicos também estão em pleno funcionamento.

Na USF Dona Sinhazinha, por exemplo, localizada na Avenida Hermes Fontes, a escala já está completa. “Os médicos retornaram e já estamos com profissionais de várias especialidades trabalhando, entre elas, pediatria, clínico geral e psiquiatria. Por enquanto, estamos dando prioridade aos pacientes que já estavam com consultas marcadas e não foram atendidos por causa da greve, mas no decorrer da semana estaremos fazendo novos agendamentos”, disse o gerente da unidade, Alberto Garcia.

O motoboy Carlison dos Santos foi um dos atendidos. Para ele, o retorno dos médicos é um alívio para a população. “Não dá para ficar sem médicos nas unidades. A Saúde é uma área que precisa estar sempre funcionando e o retorno dos médicos é um alívio para a gente. Fiquei feliz porque cheguei à unidade e fui logo atendido. Estou saindo satisfeito”, conta.

E na USF Edézio Vieira de Melo, que fica no bairro Siqueira Campos, os atendimentos também já foram normalizados. De acordo com a gerente da unidade, Marcelly Mayra dos Santos, devido ao retorno dos médicos, a procura pelos atendimentos está sendo grande. “A população estava clamando pela volta dos médicos e com o retorno dos profissionais, a procura pelos atendimentos está sendo grande. Mas, gradativamente, conseguiremos dar conta da demanda”, afirma.

A dona de casa Maria de Oliveira aproveitou o primeiro dia de retorno dos médicos e foi a Edézio Vieira para ser atendida. “Estava precisando de atendimento há semanas, por isso, aproveitei o primeiro dia de retorno dos médicos para poder ser consultada. Consegui ser atendida e agora vou dar continuidade ao tratamento”, declara.

Hugo Gurgel

Já na USF Hugo Gurgel, localizada no bairro Coroa do Meio, o movimento também foi grande no dia do retorno dos médicos. A gerente Marcia Vitorino, conta que a unidade já está com a escala completa. “Os médicos são essenciais para o funcionamento da unidade e já estamos com a escala completa. A procura pelos serviços está sendo grande, como já era esperado, mas as pessoas estão sendo atendidas normalmente”, comenta.

O autônomo Fernando Machado, por exemplo, chegou à unidade com um ferimento na mão e foi atendido. “Me machuquei e vim à unidade e para a minha sorte os médicos já voltaram ao trabalho. Fui atendido, fizeram o curativo na minha mão e já estou indo para casa”, disse.

Ascom SMS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Dermatologista orienta sobre cuidados com a pele durante o Verão
39 famílias retiradas de casas em áreas de risco após fortes chuvas em Canindé de São Francisco
Estudantes  universitários de Carira recebem ônibus adquirido com emenda de Alessandro Vieira
Hospital de Urgências de Sergipe abre processo seletivo de 16 vagas para Residência Médica