Aracaju, 7 de dezembro de 2021

Tempo de conversa fiada

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O disse me disse sobre possíveis candidatos ao governo de Sergipe não passa de uma flor do recesso, que vem a ser o estardalhaço dado a notícia sem muita relevância. Talvez por falta de assunto mais palpitante, a classe política não se cansa de lançar balões de ensaio. A oposição jura que o senador Eduardo Amorim (PSC) é seu melhor nome para conquistar a cadeira de governador, porém não deixa de massagear o ego de políticos menos votados, apresentados como reservas de luxo para o caso de Amorim não topar a parada. Os governistas também fazem barulho. Na situação a bola da vez é o vice Belivaldo Chagas (PMDB), mas algumas lideranças advertem ser cedo demais para discutir as eleições de 2018. O certo é que nada do que se diga ou escreva agora valerá para o ano que vem. Contudo, por falta de assuntos mais palpitantes, nossos políticos e a parte da imprensa vão continuar com essa ladainha de pré-candidaturas.

Denúncia grave

O senador Eduardo Amorim (PSC) quer tirar Saumineo Nascimento da superintendência do Banco do Nordeste em Sergipe para viabilizar o perdão de uma dívida de R$ 100 milhões do irmão Edvan Amorim. A gravíssima denúncia é do governador Jackson Barreto (PMDB). Segundo ele, o dinheiro do empréstimo, feito para a compra de bois, foi usado na campanha de Eduardo ao governo estadual. “Derrotados nas urnas, não têm como pagar e querem o perdão, que acreditam poder viabilizar com a substituição de Saumineo”, acusa JB. Credo em cruz!

Mesada a JB

O governador Jackson Barreto (PMDB) recebe por debaixo dos panos dinheiro de um empresário e de uma agência de publicidade. A grave acusação é do dublê de político e empresário Edvan Amorim. Em resposta à denúncia feita contra ele por JB, o irmão do senador Eduardo Amorim (PSC) nega ter feito um empréstimo de R$ 100 milhões no BNB e diz não ter medo do governador. Edvan também confessa que, semanalmente, mandava um portador entregar dinheiro a Jackson. Misericórdia!

Vida mansa

Além de receberem o teto salarial – R$ 35 mil – deputados e senadores têm direito a uma “ajuda” de R$ 35 mil para pagar despesas como passagens aéreas, telefone, correspondências, assessoria e hospedagem. Eles ainda recebem 15 salários por ano, auxílio-moradia, gabinete com funcionários e veículo oficial. Com tanta mordomia para usufruir, deve sobrar muito pouco tempo para os congressistas defenderem quem ganha míseros R$ 937 mensais, passa fome e mora num quartinho de vila. Aff Maria!

Dia de posses

Duas posses acontecem nesta segunda-feira em Aracaju. Na Assembleia, o jornalista Gilmar Carvalho será empossado deputado estadual na vaga aberta com a eleição de Valmir Monteiro (PSC) para a Prefeitura de Lagarto. No governo, o delegado Cristiano Barreto assume a Secretaria Estadual de Justiça, em substituição a Antônio Hora, que deve ir para a Secretaria de Esporte e Lazer.

Primeiro balanço

E o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), concede entrevista nesta segunda-feira, para informar como recebeu a administração municipal. Segundo ele, a dívida deixada por João Alves Filho (DEM) é superior a R$ 530 milhões. “Nosso esforço é para pagar servidores em dia e retomar as ações de saúde, educação e limpeza pública”, afirma o comunista. Nogueira promete cortar na própria carne para reconstruir a capital. Então, tá!

Risco de motim

Sergipe está entre os cinco estados contaminados com a possibilidade de conflitos violentos envolvendo facções do crime, como as ocorridas no Amazonas e em Roraima. Segundo o jornal O Globo, setores dos serviços de Inteligência do governo federal classificaram como tensa a rotina nos presídios sergipanos. No último sábado, agentes prisionais descobriram um túnel na penitenciária de Glória e abortaram uma fuga em massa que deveria ter ocorrido ontem. É feia a crise!

Presença assídua

O Jornal da Cidade publica que o deputado federal Adelson Barreto (PR) não faltou a nenhuma das sessões da Câmara. Segundo o site Congresso em Foco, ele está no seleto grupo encabeçado pelo deputado Palhaço Tiririca, que não falta, mas também não discursa. Quando muito, Adelson registrou dois ou três pronunciamentos. Os dois parlamentares devem achar que em boca fechada não entra mosca. Viche Maria!

Desconfiados

As compras pela internet estão cada vez mais populares, porém a grande maioria das pessoas ainda prefere comprar bens e serviços pelas vias tradicionais. Um levantamento do Ibope revelou que 74% dos consumidores nunca compraram pela rede mundial de computadores. A pesquisa mostra, ainda, que idade, renda e escolaridade influenciam no perfil do consumidor que utiliza esta opção de compra. E você, compra pela internet?

Ciclistas esquecidos

Com mais de 50 quilômetros de ciclovias, Aracaju poderia ser um exemplo para o Brasil. Não é porque, além das obras físicas, a cidade não implantou uma política de proteção aos milhares de ciclistas, que arriscam as vidas ao pedalarem no meio de um trânsito violento. Alguém já viu em Aracaju uma campanha educativa sobre o uso da bicicleta? Essa triste realidade vai perdurar enquanto as autoridades de trânsito não atentarem que a violência e o descaso contra o ciclista são uma questão social.

Imagens congeladas

A fotógrafa Tanit Bezerra inaugura quinta-feira próxima, a exposição “Esmeralda da Vida”. Instalada no M Depósito de Arte, bairro 13 de Julho, a mostra exibirá registro fotográficos de paisagens, pessoas, cenas do cotidiano, eventos, espetáculos musicais e teatrais do acervo pessoal da amiga Tanit. Prestigie!

Recorte de jornal

___________________________________________________________________________________________-1885

Publicado no jornal laranjeirense O Horizonte, em 22 de novembro de 1885.

Resumo dos Jornais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

8 UBSs abrirão para vacinação covid e serviços no sábado
Ônibus escolar perde freio em Santa Luzia e quase derruba casa
Prefeitura de Aracaju inicia pagamento do auxílio financeiro do programa Professores On
População da Barra dos Coqueiros está revoltada com suposta notícia de mudança, afirma Adailton