Aracaju, 5 de dezembro de 2021

Veterinário dedica parte do tempo aos animais de rua (Foto divulgação)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

“Fique tranquilo abençoado, seu bichinho vai ficar bom”. Essa é a frase mais usada pelo veterinário Heliomarto

O trabalho que vem sendo realizado pelo médico-veterinário Heliomarto Rezende, há cerca de 9 anos, tem ajudado a muitas pessoas que criam animais de estimação, mas que às vezes não tem condições de efetuar um tratamento adequado ao bicho.

O trabalho de Heliomarto começou quando ele resolveu, juntamente com o radialista Nivaldo Cândido, criar um programa em uma emissora de rádio para atender e tirar dúvidas das pessoas que possuem animal de estimação, mas que não tem condições de pagar uma consulta a um veterinário.

O programa é apresentado aos sábados na Aperipê AM e FM e durante a programação, Heliomarto e alguns amigos veterinários que também aderiram à idéia, prestam os atendimentos, realizam sorteios de rações, inclusive realizam cirurgias gratuitas.

Proprietário de uma clínica veterinária, a SOS Animal, localizada na rua Justes Carvalho 143, Jardins, Heliomarto usa parte de seu tempo em prestar atendimento a animais abandonados. O veterinário que muitas vezes é solicitado para atender um animal em residência de seu proprietário, sempre consegue um tempo para fazer a visita e a consulta, e o que chama a atenção é que isso é feito gratuitamente.

“Isso não é uma ONG. O que eu faço em companhia de amigos e colegas é para tentar minimizar o sofrimento daqueles animais que se encontram em estado de abandono. Não cobramos. O que fazemos é por amor aos animais e a nossa profissão”, conta Heliomarto. Ele explica que seu trabalho é “espontâneo e por amor aos animais, por isso sou veterinário”.

Os animais abandonados e que vivem nas ruas também recebem atendimento do veterinário. Sempre que é comunicado sobre algum animal que esteja doente ou precisando de atendimento, Heliomarto vai ao local e presta o socorro necessáio.

E esse trabalho é feito “sem barulho e longe dos holofotes” e isso dá tranquilidade àquelas pessoas que possuem animais e precisam do atendimento gratuito. Sempre ao final das consultas que realiza, ele afirma: “fique tranquilo abençoado, seu bichinho vai ficar bom”.

Munir Darrage

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Assédio é principal violência a meninas em ambiente virtual
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica
Simão Dias receberá Centro de Especialidades Médicas e Base do Samu  
Espetáculo circense é uma das atrações do Natal Iluminado