20/12/17 - 16:15:51

CONCLUÍDOS LAUDOS SOBRE AVALIAÇÃO DE AMOSTRAS DE ÁGUA

Vigilância Ambiental conclui laudos sobre avaliação de amostras em estações de água

As avaliações das amostras obtidas nas três estações de tratamento de água (ETA) localizadas em Aracaju e na Grande Aracaju, no último mês de novembro, foram concluídas, segundo o gerente de Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Alexandro Bueno. As visitas aconteceram com a participação da promotora Euza Missano, da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Aracaju, do Ministério Público Estadual (MPE-SE), e envolveram as ETAS do Poxim, localizada na capital; João Ednaldo e Cabrita, no povoado Sobrado, em Nossa Senhora do Socorro.

“Após a atuação de profissionais da Vigilância em Saúde Ambiental da SES nesta ação, ressaltamos que as coletas realizadas foram satisfatórias. Porém, na rede de abastecimento, os parâmetros cor e turbidez estão acima dos valores permitidos pela legislação”, afirmou Bueno, que através do órgão estadual emitirá notificação à Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) para que ajustes sejam realizados e índices desejáveis sejam alcançados.

Ação conjunta

Alexandro explica que um relatório composto por laudos e avaliações dos resultados das coletas de água foram produzidos após as inspeções realizadas nas ETAs, documentos esses encaminhados ao MPE-SE pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), de Aracaju. Toda a ação foi proveniente de um trabalho conjunto, no qual o Estado desempenhou o acompanhamento técnico, uma vez que cabe à Vigilância em Saúde Ambiental da SES coordenar o programa de vigilância de qualidade da água para o consumo humano em todo o Estado.

“As inspeções às ETAs acontecem programaticamente ou por demanda espontânea, como nesse caso do MPE-SE. Nas avaliações dessas amostras, a coloração elevada pode ser resolvida por manobras nas redes de abastecimento, visto que são ocasionadas por problemas de infiltração. No tocante aos parâmetros microbiológicos as avaliações foram satisfatórias, ou seja, resultados positivos foram obtidos após a análise de bactérias que servem como indicadores de contaminação na água”, acrescentou o gerente.

Em posse do MPE-SE, os conteúdos dos laudos servirão de pauta para uma reunião e após a adoção de medidas, novas análises poderão ser realizadas. Profissionais da Vigilância em Saúde Ambiental da SES continuarão atuando no monitoramento dos índices, a fim de que todos os parâmetros estejam dentro da normalidade.