Aracaju, 22 de setembro de 2021

Excesso de mordomias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Finalmente, o Supremo Tribunal Federal considerou ilegítimas as gordas aposentadorias dos ex-governadores sergipanos. Sabe quanto esta mordomia custa por ano aos cofres públicos? Cerca de R$ 1,8 milhão, dinheiro que bem poderia ser usado em benefícios da população. Lastimavelmente, as aposentadorias dos ex-governadores são apenas a ponta do iceberg. Existe um montão de outras ‘mamatas’, todas pagas pelo contribuinte, que para se aposentar precisa trabalhar 35 anos. Enquanto o erário é usado para beneficiar alguns poucos, faltam recursos para saúde, educação, segurança da sociedade e até para pagar em dia os salários dos servidores. Uma lástima!

Mandato mantido

O prefeito de Laranjeiras, Paulo Hagenbeck (DEM), obteve uma vitória no Tribunal Superior Eleitoral. O ministro-relator Jorge Mussi votou contra a decisão do TRE que cassou o registro da candidatura do demista. Caso a maioria dos ministros siga o relator, Hagenbeck concluirá o mandato conferido por 50,18% dos eleitores laranjeirenses.

Nova condenação

E o deputado estadual Augusto Bezerra (PHS) segue colecionando condenações. Acusado de meter a mão grande em recursos públicos, o parlamentar teve o mandato cassado, tornando-se inelegível por oito anos. Esta é a quarta punição a Augusto, todas pelo mesmo motivo. Ele também foi condenado criminalmente pelo Tribunal de Justiça a 12 anos, sete meses e um dia de prisão. Apesar de tantas condenações, Bezerra continua exercendo o mandato, livre, leve e solto. Marminino!

Votos à disposição

Essa notícia interessa a quem pretende disputar as eleições deste ano. Sergipe possui 1.562.627 eleitores. Aracaju tem o maior eleitorado: 408.312. Socorro é o segundo com 102.716. Conforme publica hoje o Jornal da Cidade, Amparo de São Francisco só tem 2.562 votantes, menor número entre os demais municípios sergipanos.

Ninguém é de ferro

Cansados de tanto trabalharem pelos pobres, os deputados estaduais entram de férias no final deste mês. Como ninguém é de ferro, ficarão de pernas pro ar por 30 dias. Depois, retornam ao “batente” até dezembro, quando terão direito a outros 60 dias de merecido descanso. Para quem pensa que os deputados têm vida mansa, vale ressaltar que eles registram presenças na Assembleia quatro dias por semana. A única vantagem é que podem faltar ao “trabalho” sem risco de ter o ponto cortado. Coitadinhos!

Povo não é gado

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) discorda de quem diz que o filho e pré-candidato a governador Valadares Filho (PSB) não possui estrutura nem grupo político. Segundo Vavá, palanque muito cheio corre o risco de desabar. ‘Quanto à estrutura simbolizada pela mala preta, é uma afronta ao eleitorado, que não é boi pra ser negociado”. Homem, vôte!

Pernas pro ar

Quem possui alguma coisa para resolver nas repartições estaduais, é bom fazê-la até amanhã. Por conta do jogo Brasil e Costa Rica, marcado para às 9 horas de depois de amanhã, o governo decretou ponto facultativo na sexta-feira. O expediente no próximo dia 27, quando o Brasil enfrenta a Sérvia, às 15h, as repartições estaduais só funcionarão até às 13 horas. Então, tá!

Cadê a grana?

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) está tirando a maior onda com o atraso das verbas prometidas às prefeituras para custear as festas juninas. Segundo o pessedista, alguns prefeitos estão agoniados porque o dinheiro prometido pelo deputado federal André Moura (PSC) ainda não foi liberado. Misericórdia!

Visita a animais

O ex-companheiro tem direito de visitar o animal de estimação, mesmo após o rompimento de união estável entre seus donos. Segundo decidiu ontem o Superior Tribunal de Justiça, apesar de os animais de estimação estarem juridicamente enquadrados na categoria de bens semoventes (passíveis de posse e propriedade), eles não podem ser vistos como meras “coisas inanimadas”. Certíssimo!

Centenário festejado

Comemorado hoje, o centenário do poeta João Sapateiro é tema da exposição na Assembleia Legislativa. Nascido em Riachuelo, João Sapateiro passou maior parte da vida em Laranjeiras, dedicando-se à arte de consertar sapatos e fazer poesias. Organizada pela deputada estadual Ana Lúcia (PT), a mostra conta um pouco da história deste importante artista popular. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 6 de maio de 1916.

Resumo dos Jornais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Tribunal de Contas de Sergipe aprova legalidade em concurso da Alese
Vitória das Mulheres! Linda Brasil aprova seu primeiro PL e machismo será discutido nas escolas
CONIVALES celebra quatro anos de fundação levando serviços de saúde a 43 municípios sergipanos
Adepol emite nota após tentativa de homicídio contra delegado