Aracaju, 22 de setembro de 2021

De olho nas eleições

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Tire o cavalinho da chuva quem pensa que os políticos estão preocupados com a crise econômica, com os problemas do povo. Eles só têm cabeça para as eleições deste ano. Mesmo quem não será candidato vai trabalhar para eleger governador, senadores e deputados para que estes os apõem no ainda distante pleito municipal de 2020. Basta observar os discursos e entrevistas dos políticos: quando não falam abertamente sobre as próprias pré-candidaturas ou as de suas preferências, criticam os adversários, visando desgastá-los junto ao eleitorado. Portanto, não pense que problemas como insegurança, crise da saúde, falência da educação, precariedade do transporte público e atraso de salários são prioridades da classe política. Quando muito, os governantes de plantão farão remendos aqui, ali e acolá para iludir o cidadão e conquistar os votos dos ingênuos, com a promessa de que, se eleitos, o mundo será diferente e bem melhor. Pra eles, é claro!

Polícia imobilizada

Das 70 motos do Grupamento Especial Tático Motorizado (Getam), apenas 14 estão em operação. Segundo o blog Espaço Militar, as demais foram retiradas de circulação porque o governo de Sergipe atrasou o pagamento à empresa locadora. O mesmo blog revela que, pelo mesmo motivo, a frota de veículos da Polícia Militar também foi drasticamente reduzida. A continuar assim, só restará o Esquadrão de Polícia Montada para transportar os nossos bravos policiais. Uma lástima!

Bateu o martelo

A decisão da Petrobras de fechas as Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados em Sergipe e na Bahia vai desempregar mais de mil pessoas. Bem que a classe política dos dois estados tem lutado para impedir o fechamento das duas unidades, porém a estatal já bateu o martelo: vai desativá-las em outubro. Isso significa dizer que o Brasil aumentará as importações de amônia e ureia. Danou-se!

Triste estatística

 Os negros são a maioria dos brasileiros, representando 53,6% da população em 2014. Segundo o IBGE, eles também são a maioria entre os mais pobres. Entre os cidadãos que compõem o grupo dos 10% mais pobres, com renda média de R$ 130 por pessoa na família, 76% eram negros em 2015. Ou seja, três em cada quatro pessoas que estão entre os 10% mais pobres do país são negras. E mais: de cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras. Uma lástima!

Fazendo promessas

O sistema pedagógico de Sergipe vai mudar pra melhor. Quem garante é o pré-candidato a governador Valadares Filho (PSB). De acordo com ele, investir em educação “é proporcionar às futuras gerações a possibilidade de buscar uma vida digna”. Vavazinho promete, ainda, melhorar a relação estudante/sala de aula e oferecer melhores condições de trabalho aos nossos professores. Então, tá!

Agora vai!

E o pré-candidato a governador Mendonça Prado (DEM) também diz já ter soluções para os problemas de Sergipe. Ele promete colocar em dia os salários dos servidores e dos aposentados, além honrar os compromissos com os fornecedores: “Estamos nos preparando para executar uma engenharia social revolucionária, visando otimizar a saúde, a segurança e a educação”. Marminino!

Ariando a fivela

Os festejos juninos estão aproximando os políticos dos eleitores. Os pré-candidatos aproveitam o período para conferir o tamanho do curral eleitoral e assuntar sobre a popularidade dos adversários. Portanto, até o final do mês, político é figurinha fácil em festas grandes como o Forró Caju e menores como os arraiais dos pequenos povoados. Pra eles, o importante é ariar as fivelas no agarradinho do forrobodó e degustar pratos típicos, na esperança de conseguir votos, muitos votos. Crendeuspai!

Vota contra

A maioria dos eleitores não vota em candidatos financiados pelas indústrias do fumo, de armas, álcool e agrotóxicos. Segundo pesquisa feita pelo Instituto Datafolha, 92% dos entrevistados responderam que não apoiam candidatos que recebam recursos de indústrias de armas. Em seguida, aparecem as empresas de tabaco e de álcool (89% cada) e agrotóxico (82%), setores bancário (58%) e automobilístico (53%). Cruz credo!

Fantasmas assustam

Pré-candidato a deputado federal, José Carlos Machado (PSDB) terá dificuldade para limpar a própria imagem, seriamente manchada pela denúncia de que, enquanto vice-prefeito de Aracaju manteve servidores fantasmas no gabinete. A pedido dele, inclusive, a prefeitura contratou um senhor com 92 anos, portador do Mal de Alzheimer. Justo Machadão, para quem os auxiliares do ex-prefeito João Alves Filho (DEM) só queriam roubar os cofres públicos. Misericórdia!

Orai por eles!

Os pastores e políticos Heleno Silva e Jony Marcos – ambos do PRB – levaram os novos aliados para um culto na Igreja Universal do Reino de Deus. Entre outros, foram abençoados pelo bispo Luís Claúdio os pré-candidatos a governador Eduardo Amorim (PSDB) e a senador André Moura (PSC). Ambos também conheceram de perto os evangélicos que, certamente, serão orientados a votarem neles. E assim caminha a humanidade.

Recorte de jornal

Publicado no Correio de Aracaju, em 31 de julho de 1929.

Resumo dos Jornais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Alese promove curso sobre Processo Legislativo
22 de setembro é o Dia Estadual de Prevenção ao Uso de Drogas
PC divulga identificação do autor dos disparos contra delegado Marcelo Hercos
EdTechs, o presente da educação, escreve Joaldo Diniz