Aracaju, 5 de dezembro de 2021

Pré-candidatas Danielle Garcia e Suely Barreto são vítimas do machismo, afirma enfermeira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Uma enfermeira usou as redes sociais nesta terça-feira (11) e divulgou um texto onde diz que “Danielle Garcia e Suely Barreto são vítimas do machismo”.

Em sua nota, ela diz que “sempre que uma mulher decidir entrar em um ambiente dominado por homens sofrerá com acusações e colocarão em xeque suas habilidades e qualidades”.

Veja o que diz o texto completo

Após a confirmação dos nomes de Danielle Garcia e Suely Barreto para serem candidatas a prefeitas de Aracaju e Estância respectivamente, as perseguições começaram.

É notória a necessidade de mais mulheres nos espaços de decisão política, mas não esperem de Danielle Garcia e Suely Barreto estereótipos  de políticos do sexo masculino.

E o que são estereótipos?

Estereótipos  são conjuntos de ideias pré-concebidas que formamos sobre como cada categoria ou gênero deve parecer, ser e se comportar.

Elas são diferentes sim, a principal diferença é  ser MULHER.

E ser MULHER no Brasil não é  fácil, ser candidata a um cargo político é  ainda mais difícil.

Sempre que uma mulher decidir entrar em um ambiente dominado por homens sofrerá com acusações e colocarão em xeque suas habilidades e qualidades.

Vocês perceberam que antes de serem candidatas eram elogiadas por suas ações e comportamentos, mas agora para serem líderes do executivo não possuem qualidades suficientes para o cargo?

Estratégias para que ELAS não ocupem os espaços DELES.

Não sejamos enganados e enganadas, porque enquanto um homem é  elogiado por ser líder, a mulher é criticada por ser controladora, mandona, arrogante, agressiva.

Dificilmente será elogiada pela força, determinação  e coragem de enfrentar um desafio enorme de serem candidatas ao maior cargo público do município e por estarem colocando os seus nomes a disposição para melhorarem à qualidade de vida do povo Aracajuano e Estanciano.

Isso é  Machismo, ele existe, acredite nele ou não. A história de vida delas vale mais do que estereótipos.  Estão preparadas para assumir qualquer desafio, afinal são MULHERES.

Enfermeira Izabelita.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Assédio é principal violência a meninas em ambiente virtual
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica
Simão Dias receberá Centro de Especialidades Médicas e Base do Samu  
Espetáculo circense é uma das atrações do Natal Iluminado