29/05/20 - 08:11:11

PMA já prestou assistência a mais de 17 mil aracajuanos a partir do MonitorAju

Implementado em 19 de março, como uma das primeiras medidas da Prefeitura de Aracaju no enfrentamento ao novo coronavírus, o serviço MonitorAju já assistiu, diretamente, a cerca de 17,3 mil aracajuanos com casos suspeitos e confirmados de covid-19.

Criativo e desenvolvido pelo Planejamento Estratégico da administração municipal, o MonitorAju, coordenado pela Secretaria Municipal da Saúde, é um canal de atendimento destinado a orientar a população sobre a covid-19, além de realizar triagem e monitoramento de casos sintomáticos, cujos infectados estão em isolamento domiciliar.

Nesse sentido, de forma estratégica, o serviço evita deslocamentos desnecessários às unidades básicas de saúde. O MonitorAju, avaliado positivamente pela população, oferece três formas de acesso: via telefone, ou seja, pelo canal de atendimento 0800 729 3534; pelo site (www.aracaju.se.gov.br), por meio do formulário encaminhado por e-mail na plataforma AjuInteligente; e no aeroporto da capital, onde é feito o cadastro dos passageiros que desembarcam.

De acordo com a coordenadora do MonitorAju, Cynthia Rocha, o serviço de atendimento pelo site é 24h, já a central por telefone funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 19h, e o monitoramento, que é um departamento à parte da Central de Ligações, funciona todos os dias da semana das 7h às 19h.

“É importante que população aracajuana acione o MonitorAju quando apresentar sintomas associados a síndrome gripal, quando estiver em isolamento domiciliar e/ou aguardando resultado do exame para covid-19, por que daí já poderemos monitorar a evolução do quadro de saúde dos usuários antes mesmo da confirmação do caso positivo, e assim conseguir tranquiliza-los quanto ao isolamento correto e seguro”, reforçou Cynthia.

A coordenadora ressalta que, atualmente, cerca duas mil pessoas estão sendo monitoradas, ou seja, pessoas que apresentaram sintomas da doença e que recebem ligações diárias durante os 14 dias a contar do primeiro dia de sintomas.

Por Tirzah Braga