04/06/20 - 08:23:50

A cor da pele

A reação da sociedade contra o racismo é por demais salutar. Precisamos reagir quando quem deveria se rebelar contra este crime opta em discriminar seus semelhantes. Um triste exemplo desse absurdo foi dado pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, que chamou o movimento negro de “escória maldita” e Zumbi dos Palmares de “filho da puta”. Felizmente, a luta contra essa forma de discriminação tem ganhado a simpatia da população. Ontem mesmo, o vereador aracajuano Manoel Marcos (PSD) protestou contra a violência que vitima cada vez mais negros: “O racismo revela a restrição de cidadania do povo preto e nos alerta sobre a necessidade de criarmos ações de enfrentamento à discriminação”, advertiu. O vereador está certo. Não podemos continuar fechando os olhos enquanto negros moradores das periferias dos centros urbanos continuam sendo ofendidos, discriminados, violentados e mortos por representantes do Estado. Lamentavelmente, esses casos são inúmeros, embora ainda chamem pouco a atenção de parte considerável da sociedade. Portanto, é preciso fazer barulho contra a discriminação e denunciar todo ato racista. Crendeuspai!

Agiu certo

É voz corrente que o senador Alessandro Vieira (Cidadania) agiu certo ao retirar da pauta o projeto das fake news. Nem dentro do partido dele há consenso em torno do tema. O pré-candidato a prefeito de São Cristóvão, coronel Rocha (Cidadania), aplaudiu a atitude do aliado. Segundo o militar, alguns pontos do projeto precisam ser reavaliados. O coronel acha que deve haver um debate público mais amplo sobre o tema, com maior participação da sociedade civil. Aff Maria!

Abra o olho

Nessa época de pandemia, é bom abrir os olhos porque a malandragem não está em quarentena. Para ter uma ideia da ação dos malandros, a cada 15,9 segundos ocorre uma tentativa de fraude através do roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios. Segundo o Indicador Serasa Experian, entre as tentativas de golpe, a principal é a emissão de cartões de crédito obtidos com identificação falsa ou roubada. Cruz credo!

Socorro na pandemia

Quem deu com os costados, ontem, na Assembleia foi Helom Oliveira da Silva, diretor de finanças, controles e relações com investimentos do Banese. Durante a sessão plenária, o moço disse aos deputados que durante a pandemia do coronavírus 1. 432 empresas já foram beneficiadas com empréstimos, no montante de R$ 160 milhões. Segundo Helom, o Banese não está deixando de atender às micro e pequenas empresas: “A contrapartida do banco hoje é de quase R$ 500 milhões aplicados para todos os tamanhos de empresas”, frisou. Então, tá!

Capoeira na escola

Tramita na Câmara de Aracaju um projeto propondo que a Prefeitura incentive a prática da capoeira nas escolas. Autor da propositura, o vereador Isac Silveira (PDT) garante que este esporte ajuda a quebrar o preconceito racial, ressalta a pluralidade de raças e preserva a cultura. A expectativa é que a maioria dos vereadores vote favorável e que, após aprovado, o projeto seja sancionado pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Iê vamo jogar camará!

Igreja de luto

Vítima de um Acidente Vascular Cerebral morreu, ontem à tarde, Dom Mario Rino Sivieri, bispo emérito da Diocese de Propriá. Diabético e padecendo de uma erisipela, o religioso estava internado em um hospital de Aracaju desde o último dia 27. O corpo de Dom Mario será sepultado, hoje, na Igreja Matriz de Propriá. Também ontem, morreu o ex-padre de Carira e professor aposentado do estado Almiro Oliva Alves. Ele tinha 94 anos e deixou esposa, duas filhas e uma neta. Que a terra lhes seja leve!

Da Polícia à política

A delegada chefe da Polícia Civil, Katarina Feitosa (PSD), deve deixar o cargo, hoje, visando se desincompatibilizar. A ideia do partido é lança-la como candidata a vice na chapa encabeçada pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT). Também já se anunciaram pré-candidatos a prefeito da capital os delegados de Polícia Danielle Garcia (Cidadania), Georlize Teles (DEM), Mário Leony (Psol) e Paulo Márcio (DC). Esse gosto de policiais pela política não é novidade. O grande exemplo de sucesso entre os delegados é Alessandro Vieira (Cidadania), eleito senador, em 2018, com 474.449 votos. Desde então, o interesse dos delegados pela política cresceu absurdamente. Danôsse!

Droga mortal

A sociedade precisa se sensibilizar com a dor de milhares de pais, impotentes com os efeitos maléficos que o crack causa em seus filhos. A ação dessa droga violenta vem se alastrando em Sergipe. Na medida do possível, a Polícia tem feito a sua parte, prendendo traficantes e retirando boas quantidades de crack do mercado, porém isso não tem sido suficiente. É preciso que todos se unam contra esse terrível mal, antes que nada mais possa ser feito para salvar nossa juventude. Ó Céus!

Prestando contas

E o secretário da Fazenda de Aracaju, Jeferson Passos, vai apresentar aos vereadores o balanço das contas municipais referente ao 1º quadrimestre deste ano. Devido a pandemia do coronavírus, a apresentação ocorrerá numa reunião on-line, com início previsto para às 15h. Passos também vai expor as metas fiscais, detalhar as receitas, explicar a evolução das despesas e o controle da dívida do município. Vixe!

Bota fora

De olho nas eleições municipais, ocupantes de cargos em comissão estão batendo em retirada. Terça-feira, o jovem Jorge Araújo Filho (PSD) renunciou a Secretaria de Governo de Aracaju. Também pediram para sair Ricardo Roriz (PSD) e Kaka Andrade (PSD), respectivamente, presidentes da Segrase e do ITPS. O primeiro é pré-candidato a prefeito de Santana do São Francisco e o outro de Canindé. Antes, o pré-candidato a prefeito de Rosário do Catete, Laércio Passos (PSC), já tinha deixado a Adema. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha Popular, em 18 de novembro de 1961.