Aracaju, 4 de agosto de 2021

FGV: CONFIANÇA DE SERVIÇOS VOLTA A CAIR DEPOIS DE 5 MESES EM ALTA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Nível de Utilização da Capacidade Instalada recuou para 81,3%

 da Agência Brasil

O Índice de Confiança de Serviços (ICS), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve queda de 0,4 ponto na passagem de setembro para outubro. Essa foi a primeira queda depois de cinco altas consecutivas do indicador, que mede a confiança do empresário do setor brasileiro de serviços.

Com a queda, o indicador chegou a 87,5 pontos em uma escala de zero a 200, e continua abaixo do patamar pré-pandemia (fevereiro deste ano), quando registrou 94,4 pontos. Seis dos 13 segmentos pesquisados tiveram recuo na confiança.

A queda foi puxada pelo Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro e que caiu 3,2 pontos, passando para 95,7 pontos e voltando a se situar abaixo do patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020).

Já o Índice da Situação Atual, que mede a percepção dos empresários sobre o presente, subiu 2,6 pontos e passou para 79,5, mantendo a trajetória crescente desde maio.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor de serviços caiu 0,5 ponto percentual e chegou a 81,3%.

“A grande cautela dos consumidores e a incerteza sobre a evolução da pandemia sugerem que o setor ainda enfrentará dificuldades para retornar ao ritmo de recuperação observado do início do ano”, disse hoje, no Rio de Janeiro, o economista da FGV Rodolpho Tobler.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Pablo Sanábio chora ao lembrar da chegada da filha durante gravação de ‘Sob Pressão’
Bruna Marquezine faz aniversário e ganha homenagens: “Você é o próprio paraíso”
Thales Bretas fala de 3 meses da morte de Paulo Gustavo: “Vácuo na vida”
Justiça condena um dos quatro acusados de matar três homens dentro de hospital em Aracaju