Aracaju, 31 de julho de 2021

Nova licitação do Hospital do Câncer de Sergipe levanta suspeita

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Governo do Estado de Sergipe pode estar entrando em mais uma enrascada sem precedentes ao abrir mais uma concorrência para as obras de construção do Hospital do Câncer Governador Marcelo Déda – empreendimento que já teve uma licitação abandonada por falta de condições técnicas e financeiras de um consórcio que venceu lá no Governo de Jackson Barreto.

Esta semana está ocorrendo uma desconfortável inquietação nos bastidores do mercado de obras públicas do Estado de Sergipe com o fato de uma empresa do Paraná, de nome Endeal Engenharia Construção, ter proposto para tocar esta obra um preço considerado por analistas como bastante inferior, irreal e impraticável na comparação com os demais concorrentes.

“Se essa empresa vir a vencer com o valor proposto, isso não apenas levanta dúvidas de que ela não realizará esta obra. Isso é uma certeza clara de que ela não fará. E não a fará porque pelo suposto valor cotado é impossível. É tudo muito irreal, ilógico e fora de qualquer propósito de mercado”, diz um empresário sergipano do ramo das construção civil que prefere não se identificar.

Segundo esse empresário, se houver a homologação de uma licitação nesse nível será “uma garantia certa” de “confusão futura”. “E não é disso que o povo de Sergipe e nem o Governo sergipano precisam”, reitera o empresário.

Ele adverte que a Endeal Engenharia Construção é “habituê”, na mídia do Paraná, em matéria de denúncias que revelam problemas de falta de continuidade de obras no Estado de origem dela.

E até apresentou cópia de uma destas matérias publicadas, feita pelo Portal G1, do Paraná, com o título de “Justiça anula acordo entre prefeitura e construtora da Arena Ponta Grossa”, do dia 10 de abril de 2014.

“A justiça encerrou o contrato entre a prefeitura e a empresa Endeal Engenharia Construção, que era responsável pela construção da Arena Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná”, diz o lead do texto do G1 paranaense.

“O anúncio foi feito na tarde de quarta-feira, 9, pela administração pública da cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento, será lançada, em breve, uma nova licitação para definir a construtora que assumirá a obra. Ainda conforme a prefeitura, a expectativa é retomar os trabalhos até o final de junho”, complementa o texto.

“O que se espera em Sergipe é que, se essa for a vencedora, não seja necessário, em breve, se lançar também uma nova licitação para definir a construtora que assumirá a obra do Hospital do Câncer, por absoluta e previsível falta de condições de ir frente com esta empresa. Não só por esse histórico que estamos vendo na mídia, mas pela fragilidade da proposta em si”, diz o empresário.

Fonte: Portal- JL Política

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa