Aracaju, 23 de julho de 2021

PREFEITOS E SECRETÁRIOS IRÃO DISCUTIR OS IMPACTOS DO NOVO FUNDEB NA EDUCAÇÃO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O mestre em Políticas Públicas e Sociedade e ex-secretário de Educação Básica do Estado do Ceará, Paulo Lira, estará hoje realizando um seminário presencial voltada aos prefeitos, secretários municipais de Educação e Finanças de Sergipe, com o tema “Novo Fundeb: Desafios e Oportunidades”.

O evento que será realizado hoje, 22, pela Federação dos Municípios de Sergipe (FAMES), juntamente com a Escola de Gestão Governador João Alves Filho e a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), tem como objetivo esclarecer para todos os gestores, as mudanças e as novas regras da lei que regulamenta o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica.

A lei que regulamenta o novo Fundeb foi sancionada sem vetos no dia 25 de dezembro de 2020, onde ficaram definidas as regras para a distribuição de recursos à rede pública de educação básica.

A partir deste ano, a contribuição financeira da União ao fundo da educação básica aumentará gradativamente. Pois, até o ano passado, o governo federal contribuía com 10% do valor total. No novo Fundeb, esse percentual sobe para 12% em 2021 e vai aumentando aos poucos até chegar a 23% em 2026.

“Vamos detalhar todas as mudanças previstas pelo novo Fundeb, que agora passa a ser permanente. E muitos são os desafios, a começar pelo valor a ser repassado que não sabemos, até agora, quanto será para cada estado e município. É preciso cautela e muito conhecimento da atual realidade para gerenciar da forma correta a educação pública municipal”, advertiu Paulo Lira.

O seminário terá início às 9h no Del Mar hotel, na Orla de Aracaju.

POR ASCOM/FAMES

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura de Barra empossa servidores aprovados no concurso
Lúcio Flávio diz que insinuação de suposta ameaça “é tão absurda que dispensaria resposta”
Rosário: vereadores discutem pautas futuras e balanço dos trabalhos
Redes Públicas de Ensino se preparam para Avaliação de Fluência