Aracaju, 1 de agosto de 2021

Covid-19: Força tarefa fiscaliza bares e restaurantes para garantir cumprimento das normas sanitárias na capital

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A força tarefa composta pela Vigilância Sanitária Estadual, Procon, Prefeitura de Aracaju e Polícia Militar, continua realizando fiscalizações em bares, restaurantes e comércios da capital, para o cumprimento das normas de biossegurança. Nesta sexta-feira, 22, a operação começou por volta das 22h em um estabelecimento localizado na avenida Tancredo Neves, bairro Inácio Barbosa, na zona Sul de Aracaju. O objetivo foi exigir o cumprimento das normas sanitárias como prevenção ao novo coronavírus.

O proprietário do local foi autuado por manter em funcionamento um espaço kids, o que é proibido de acordo com o decreto governamental. A Vigilância Sanitária Municipal emitiu um auto de infração e deverá retornar ao restaurante para verificar se o proprietário mantém o espaço em funcionamento. Se ele continuar em desacordo com as normas sanitárias poderá ser multado e ter o seu estabelecimento interditado.

Em seguida, a força tarefa visitou um restaurante localizado no bairro Jardins. Lá foi detectado o distanciamento no ‘varandão’, que estava irregular com a ocupação de mais de 50% de pessoas acima do permitido, além de mesas com mais de seis pessoas. Foi solicitada a solução imediata das irregularidades. Em outro local,  no conjunto Sol Nascente, foi constatado o distanciamento fora dos padrões permitido e a ausência de máscaras pelos integrantes da banda.

Na avenida Tancredo Neves, a equipe constatou um bar com  aglomeração de clientes, além de várias irregularidades. “As pessoas que estavam do lado de fora, na calçada, não usavam máscaras, não havia o distanciamento entre mesas e os músicos também estavam sem máscaras. Foi solicitado a todos o cumprimento das normas”, disse a fiscal da Vigilância Sanitária Estadual, Ana Paula Aciole Maciel.

Por fim, a força tarefa esteve em outro restaurante no conjunto Inácio Barbosa e verificou a presença de vários ambulantes no local, além de pessoas aglomerando na parte externa do bar. “Neste ponto nós deixamos um termo para que o dono tomasse providências junto à Emsurb para sanar o comércio ambulante e à PM para acabar com a aglomeração na rua, que segundo ele, não é de sua responsabilidade. Pedimos o distanciamento social e afastamento de mesas no deck”, disse a fiscal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa