Aracaju, 1 de agosto de 2021

Fiscalização do Conselho de Administração visita três municípios

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A comissão de fiscalização do Conselho Regional de Administração de Sergipe (CRA-SE) realizou na última sexta-feira, 22, uma visita as cidades de Carira, Pedra Mole e Frei Paulo afim de orientar e conscientizar os gestores sobre o cumprimento da lei 4.769/65. Estiveram executando o trabalho o diretor de fiscalização, Adm. Daniel Almeida, e a fiscal do conselho, Adm. Cynthia Alves.

Durante o ano de 2021 estão programadas visitas a todos os municípios sergipanos, conforme prevê o planejamento da entidade em coibir o exercício ilegal das atividades relacionadas ao campo da Administração por pessoas jurídicas e físicas. A meta da nova gestão do conselho é fortalecer a profissão com uma fiscalização mais atuante e a comunicação com os registrados mais transparente.

De acordo com o presidente do CRA-SE, a fiscalização é um dos focos principais da nova gestão. “Um dos focos da nossa gestão é a fiscalização, sobretudo de amplificar a comunicação das ações realizadas pela nossa equipe técnica durante nosso biênio”, ressaltou o presidente Adm. Jorge Cabral.

Os trabalhos iniciaram na cidade de Carira onde os profissionais do conselho foram recebidos pelo assessor do prefeito, o Senhor Janilson, e pelo membro da Comissão de Licitação, Adel dos Santos. Em seguida, no município de Pedra Mole, visitaram Leonardo Andrade, um dos membros da Comissão de Licitação. Por fim, na Prefeitura de Frei Paulo, o pregoeiro William Tavares de Oliveira, que é administrador registrado, afirmou que já vem há muito tempo cumprindo a legislação do CFA e valorizando o campo privativo da profissão.

Para o diretor de fiscalização, as visitas foram de caráter orientativo para os novos gestores. “Estamos orientando os gestores sobre a obrigatoriedade do cumprimento da Lei nº 4.769/65, por determinadas empresas prestadoras de serviço, o que torna necessária a exigência de registro no Conselho de Classe, previsto no inciso I do artigo 30 da Lei nº 8.666/93, como condição de habilitação em licitações”, frisou o Adm. Daniel Almeida.

Fonte e foto Conselho Regional de Administração – CRA-SE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa