Aracaju, 1 de agosto de 2021

MPF e MPSE firmam acordo com município de Aracaju para transparência na vacinação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE) firmaram acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju sobre o controle das prioridades e a transparência dos dados sobre a vacinação contra covid-19 na capital. O acordo é resultado de duas recomendações encaminhadas nos últimos dias 21 e 24, que indicavam medidas para garantir a vacinação de grupos prioritários e a clareza de informações sobre o processo de imunização.

O acordo contém uma tabela com a ordem de prioridades em que os profissionais e trabalhadores da saúde devem ser vacinados, de acordo com critérios de exposição à covid. No topo da lista de prioridades estão os profissionais ou trabalhadores de saúde que atuam no cuidado direto ao paciente exposto à covid-19 em unidades de referência ou unidades que atendam as síndromes gripais.

O documento destaca que devem ser vacinados todos os profissionais e trabalhadores do grupo, incluindo maqueiros, serviços gerais e administrativos que estejam em exposição direta nesses setores.

Listas – Os termos do acordo prevêem que a vacinação deve seguir listas nominais de trabalhadores da saúde, previamente elaboradas e encaminhadas pelos gestores das unidades, contendo as informações sobre os critérios de prioridade e seguindo o escalonamento de definição da vacinação prioritária na Fase 1, como detalhado na tabela de níveis de prioridades ajustada.

Além disso, a partir do dia 1 de fevereiro (próxima segunda-feira), a Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju vai divulgar diariamente, no horário máximo de 22h e sempre que houver novos dados, o quantitativo de vacinas recebidas do Estado de Sergipe, detalhando a quantidade destinada a cada unidade de saúde que realizará a vacinação e o número de servidores e funcionários por unidade.

Também será divulgada a relação das pessoas vacinadas no dia respectivo, indicando nome, local onde foi feita a  imunização, função exercida e local onde a exerce (se aplicável). Não serão publicados dados sensíveis, tais como idade ou comorbidade dos vacinados.

A publicação desses dados deve ser feita no site oficial da prefeitura e de forma que permita fácil leitura e interpretação para população.

Campanha e Plano – O acordo envolve ainda a elaboração, publicação e divulgação do Plano Municipal de Imunização contra a covid-19, em consonância com os Planos Nacional e Estadual de Imunização. A Prefeitura de Aracaju assumiu também o compromisso de divulgar, durante toda a campanha de vacinação contra a covid-19, em seu site oficial, as principais informações a respeito de sua operacionalização, especialmente o cronograma, suas fases e públicos-alvo, locais e horários de funcionamento das salas de vacinação, com o cuidado de evitar a formação de aglomerações.

Confira aqui a íntegra do acordo.
Ministério Público Federal em Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa