Aracaju, 4 de agosto de 2021

Nova  variante do coronavírus traz mais riscos e preocupa os sergipanos, explica o Lacen

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O estado de Sergipe registrou uma nova variedade do coronavírus, segundi informações divulgadas pelo superintendente do Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen), Cliomar Alves, na manhã desta sexta-feira (29),

Ele explicou que  “uma das linhagens que foi identificada pela Fiocruz é a B.2.2.251. Somente o estado de Sergipe identificou e depositou no banco mundial de sequências genéticas do SARS-CoV-2. Essa linhagem, que não tem relação com a do Amazonas, foi identificada em maior circulação nos Estados Unidos 70% e no Reino Unido em torno de 20%, e ainda não é possível saber sobre a transmissibilidade e a gravidade da doença que ela causa”.

O paciente que registrou a nova variante está sendo monitorado. “O paciente se encontra bem e nós estamos investigando junto com a Vigilância Epidemiológica os contatos desse paciente, para ver se ele viajou para o exterior ou se teve contato com alguém que viajou para o exterior”, disse.

Cliomar explicou ainda que essa amostra estava entre as 67 pesquisadas pela Fiocruz, que havia apontado a circulação de sete variantes do estado. E disse também que as amostras com alta carga viral do coronavírus vão continuar sendo enviadas à Fiocruz para a identificação de possíveis novas linhagens da doença.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo prorroga auxílio Cartão Mais Inclusão Emergencial e cria o Pró-Sertão Bacia Leiteira
Transferência de dinheiro da Saúde para conta pessoal: “Valor chega a quase R$ 200 mil”, diz vereador Ricardo Marques
Deputado questiona insucesso de ações de sindicatos no TJ de Sergipe
Incêndio destrói galpão de fábrica de tecidos no município de Tobias Barreto