Aracaju, 1 de agosto de 2021

Maruim: gestão inicia já devendo salários ao magistério

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Os professores e professoras das escolas municipais de Maruim foram frustrados quando na última sexta-feira (29), o salário do mês de janeiro não foi creditado.

Em audiência ocorrida no dia 12 de janeiro entre o SINTESE e a administração de Gilberto Maynard foi garantido que o salário do mês de janeiro seria creditado na conta dos professores e professoras, mas isso não aconteceu. A prefeitura de Maruim deve também os salários de dezembro.

Os professores e professoras deram um voto de confiança a administração nova e esse voto já foi quebrado. Já são mais de 60 dias sem salários, não há planejamento financeiro que dê conta.

Nesta segunda-feira (01), às 17h acontece assembleia virtual onde o magistério definirá encaminhamentos de luta.

Por Caroline Santos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Policiais do Tático prendem suspeito de tráfico no Santa Maria
Boletim do coronavírus em Aracaju: 198 casos e nenhum óbito
Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.395 da Mega
Prefeitos e lideranças aprovam “união” de André Moura e Fábio Mitidieri