Aracaju, 27 de julho de 2021

Reajustar a tarifa de ônibus é um crime

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza

Bastou passarem as eleições para as empresas de ônibus anunciarem o desejo de reajustar a já cara tarifa cobrada aos usuários da Grande Aracaju. Tomara que, assim como fez em 2020, um ano eleitoral, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) não atenda às concessionárias. Antes de se sensibilizar com a falsa choradeira dos ricos empresários, o pedetista precisa considerar o quadro de miserabilidade da maioria, que já paga caro para andar em ônibus velhos, sujos e superlotados. Ora, as empresas alegam que o preço da passagem não é reajustado há alguns anos. Elas não levam em consideração que muitos salários foram reduzidos, além de muita gente ter perdido o emprego. É preciso considerar que a situação da população é bem pior do que a das concessionárias. Alguém discorda disso? Portanto, reajustar o valor da passagem em plena pandemia chega a ser um crime contra a economia popular. Ademais, se atender a exigência das empresas, Edvaldo permite suspeitar que estaria metendo a mão no bolso do cidadão para “pagar” um apoio eleitoral hipoteticamente recebido dos donos de ônibus. Misericórdia!

Folia proibida

Como já era esperado, o governador Belivaldo Chagas (PSD) e o prefeito aracajuano Edvaldo Nogueira (PDT) anunciaram que não decretarão pontos facultativos nas repartições públicas durante o Carnaval. Os dois também prometeram apertar o cerco contra os foliões que insistirem em cair na gandaia, promovendo aglomerações de pessoas em bailes carnavalescos. Quem insistir em desobedecer as ordens palacianas corre o risco de passar a folia momesca vendo o sol nascer quadrado. Quem avisa, amigo é!

A história é outra

O vereador aracajuano Ricardo Marques (Cidadania) procurou a coluna para explicar que não tentou entrar onde não foi chamado. Segundo o cidadanista, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos mente quando diz que ele, a vereadora Sheila Galba e uma dezena de camelôs queriam entrar na tora numa reunião da Emsurb, anteriormente agendada com apenas dois ambulantes. Marques afirma que eles propuseram a participação de quatro pessoas, depois reduziram para duas, porém a Emsurb se manteve irredutível. Após o bafafá, a reunião com os comerciantes e os vereadores aconteceu na sede da Prefeitura. Melhor assim!

Remédios mais baratos

A experiência de alguns municípios sergipanos em se consorciarem para comprar remédios tem dado excelentes resultados. Segundo o Franklin Freire, prefeito de Amparo do São Francisco e presidente do consórcio, a economia registrada no ano passado foi de R$ 25,5 milhões. O valor de mercado dos 245 medicamentos listados pelas Prefeituras seria de R$ 80 milhões, porém o pregão eletrônico dos municípios comprou tudo por R$ 54,6 milhões. O consórcio já iniciou o processo de licitação visando comprar este ano os remédios para a atenção básica. Maravilha!

A casa caiu

A Polícia de Sergipe deu um grande golpe no tráfico de drogas ao apreender 180 quilos de maconha e 90 quilos de cocaína. Coordenada pelo Departamento de Narcóticos, a operação aconteceu em Nossa Senhora do Socorro e resultou na prisão do casal Cleyson Santos da Silva, 23 anos, e Tainara Santos da Silva, 21. Os dois são suspeitos de serem responsáveis pela logística da distribuição da droga na Grande Aracaju. Crendeuspai!

Distância de Brasília

Ao contrário de muitos políticos, que deitam e levantam pensando em se eleger para a Câmara Federal, o deputado estadual Luciano Bispo (MDB) quer distância de Brasília. Entrevistado na rádio Fan/FM, o emedebista disse que o seu projeto para 2022 é se reeleger, “mas se me indicarem para outro cargo eu topo, a exceção de deputado federal”. Bispo também confessou que não se sente bem no MDB, porém ainda não decidiu qual será o seu futuro domicílio partidário. Aguardemos, portanto!

Passo de cágado

Seis anos após ter iniciado a apuração das contas da então secretária municipal de Aracaju, Maria do Carmo Alves (DEM), o Tribunal de Contas de Sergipe decidiu, ontem, aprovar o processo referente à senadora. A mesma sorte não teve Selma Mesquita, antecessora de dona Maria na Secretaria da Família e da Assistência Social (2015). Os conselheiros do TCE aprovaram as contas da distinta com ressalvas e lhe aplicaram uma multa de R$ 1,2 mil. Marminino!

Culpado até a medula

E o senador Alessandro Vieira (Cidadania) acha que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é um dos culpados pelo “sepultamento” da Operação Lava Jato. Segundo o cidadanista, é possível discutir o tamanho da responsabilidade do capitão de pijama sobre as mais de 227 mil mortes por Covid-19. No caso da morte da Lava Jato, porém, “essa culpa é de 100%. A maior operação de combate à corrupção do mundo não morreu de Covid. Morreu de estelionato eleitoral”, atesta Vieira. Pelo visto, o senador não deve repetir o voto em Bolsonaro nas eleições de 2022. Danôsse!

Bola branca

O presidente do Club Sportivo Sergipe, Ernan Sena, presenteou o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) com uma camisa oficial do time vermelhinho. O pedetista aproveitou a visita do cartola para agradecer a cessão do Estádio João Hora para a instalação do Hospital de Campanha visando socorrer centenas de vítimas da Covid-19. Segundo Nogueira, a Prefeitura já começou a recuperação do gramado para que o time do Sergipe volte a treinar no “Mundão” do bairro Siqueira Campos. Então, tá!

Banco dos réus

E o ex-prefeito de Capela, Ezequiel Ferreira, foi condenado a devolver mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos. O fidalgo é acusado pelo Ministério Público de ter contratado irregularmente bandas de música para animar festas na cidade. Além de ter que desembolsar os quaraminguás, Ezequiel ainda perdeu os direitos políticos e está impedido de negociar com o poder público pelos próximos cinco anos. Home vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta de Sergipe, em 3 de janeiro de 1930.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comandante Militar do Nordeste é condecorado por deputados estaduais na Alese
Cata-treco: confira a programação desta terça-feira, 27, em Aracaju
Boletim do coronavírus em Aracaju: 189 novos casos e dois óbitos
XXIV Missa do Cangaço será transmitida ao vivo do Museu da Gente