Aracaju, 23 de julho de 2021

Política na folia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza

Mesmo com a pandemia da Covid-19, os políticos vão aproveitar o feriadão do Carnaval para fazer o que mais gostam: discutir sobre política. Diferente dos pobres mortais, que trabalharão durante o período momesco, os políticos vão trocar ideias sobre as eleições de 2022. Entre um drinque e outro, uma marchinha mais animada e alguns salgadinhos apimentados, eles ouvirão o que pensam dos aliados e não deixarão de consultar os adversários, na tentativa de formar um entendimento sobre os possíveis acordos a serem feitos no ano seguinte. Tudo bem que ainda é cedo para firmar pontos de vista em torno do pleito de 22, mas em política quem não anda fica pra trás. Crendeuspai!

Pelas costas

O presidente estadual do DEM, José Carlos Machado, mandou um recado para o ainda demista João Tarantela. Ao saber que o distinto sonha em disputar o governo de Sergipe, Machadão deu uma de desinformado: “Pensava que ele já havia deixado o partido”. Claro que o experiente líder do DEM sabe quem entra e quem sai da legenda, porém, de maneira indireta e educada até, informou a Tarantela que a porta da rua é a serventia da casa. Home vôte!

Ministro trapalhão

Nem os parlamentares que votaram no presidente Jair Bolsonaro suportam mais as trapalhadas do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Ao comentar sobre a audiência pública com o dito cujo, o senador bolsonarista Alessandro Vieira (Cidadania) disse que “a fala do ministro Pazuello pode ser resumida, em grande parte, a mentiras sobre o passado e promessas fantasiosas sobre o futuro. Impressionante a falta absoluta de uma política pública de saúde desenhada com técnica e eficiência”. Misericórdia!

Contra quebra-molas

A deputada estadual Maria Mendonça (DEM) enviou nota à coluna informando ser contra a instalação de lombadas e quebra-molas nas rodovias, por entender que a redução da velocidade dos carros facilita a ação dos marginais. Acontece, porém, que o vereador Zé de Donira lhe pediu que propusesse ao governo a instalação de uma lombada na perigosa “Curva do Salgadinho”, da Rota do Sertão. Comovida com o apelo do aliado político, Maria Mendonça apresentou a indicação que, se for atendida, aumentará para 121 o número de lombadas e quebra-molas na rodovia entre Ribeirópolis e Canindé. Ô diacho!

Luto

Vítima da covid-19, morreu hoje, num hospital de Aracaju o empresário sergipano Manuel Aguiar Menezes 56 anos, do Grupo Samam. Segundo as primeiras informações, Manelito era transplantado e a doença provocou a falência do rim, causando a sua morte. Este é o segundo empresário sergipano que morre de coronavírus esta semana. Na última terça-feira (9), faleceu em São Paulo um dos fundadores do grupo supermercadista GBarbosa, Noel Barbosa, de 79 anos. Lastimável!

Grande perda

O governador Belivaldo Chagas (PSD) lamentou a morte prematura do empresário Manoel Aguiar Menezes: “Foi com imenso pesar e consternação que recebi a notícia da morte de Manelito Menezes Neto, superintendente do Grupo Samam e mantenedor das Indústrias Taquari, produtoras de álcool e açúcar em Sergipe. Deixo aqui o meu abraço para toda a família, amigos e pessoas próximas do empresário”, frisou.

Desconto negado

O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) terá frustrada a sua vontade de ver descontados de seu contracheque os próximos dias 15, 16 e 17 que ele não participará das sessões remotas pelo fato de ser ponto facultativo na Assembleia. O Legislativo informou que não há como fazer o desconto legalmente. Segundo Carvalho, não fica bem ele ficar em casa durante o Carnaval, enquanto os servidores públicos estarão trabalhando. Um servidor da Assembleia disse que Gilmar está jogando para a torcida, “pois como deputado, deve saber muito bem da impossibilidade de se descontar os três dias do contracheque”. Ah, bom!

Conversa de aliados

O prefeito de Socorro, Padre Inaldo (PP), fez uma visitou o aliado aracajuano Edvaldo Nogueira (PDT) para tratar sobre a licitação do transporte coletivo na Grande Aracaju. Segundo o pedetista, já em março ocorrerá uma nova reunião para discutir o mesmo assunto, incluindo na conversa os prefeitos Marcos Santana (MDB) e Alberto Macedo (MDB), respectivamente, de São Cristóvão e da Barra dos Coqueiros. É, pelo visto, a concorrência do transporte agora sai. Oremos!

Sem folga na folia

E os vereadores de Aracaju vão bater ponto na terça-feira de Carnaval. A decisão foi aprovada na sessão de ontem e visa seguir a Prefeitura da capital e o governo de Sergipe, que não decretaram ponto facultativo durante a folia. Os parlamentares também aprovaram a realização de sessão plenária na Quarta-Feira de Cinzas. Diferentemente, os deputados estaduais não aparecerão no “batente” durante o reinado de Momo. Marminino!

Elogio adversário

O presidente do PSC sergipano, ex-deputado federal André Moura, rasgou elogios ao senador Rogério Carvalho (PT). Segundo ele, diferente do também senador Alessandro Vieira (Cidadania), “que ainda não disse a que veio”, o petista tem se empenhado na defesa das causas de Sergipe. Moura lembrou o esforço de Rogério para conseguir a liberação de R$ 200 milhões pelo governo federal visando a recuperação de nossas rodovias. Questionado sobre uma possível aliança do PSC com o PT para 2022, André desconversou. Então, tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 25 de novembro de 1906

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Aracaju vacina contra HPV crianças e adolescentes até 14 anos
Polícia prende suspeito de chefiar grupo de roubo a motocicletas em Aracaju
SMTT monta programação educativa especial para a volta às aulas na capital
Polícia Civil flagra suspeito por crime de maus-tratos a animais em Carira