Aracaju, 2 de agosto de 2021

SECRETARIA DE SAÚDE ALINHA COM MUNICÍPIOS RETOMADA DAS CIRURGIAS ELETIVAS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) reuniu remotamente os gestores da saúde dos municípios sergipanos na manhã desta sexta-feira, 12, para alinhar as estratégias de retomada do ritmo regular das cirurgias eletivas, no momento em que a vacinação chega aos trabalhadores da saúde. A previsão de retomada é para março, com a oferta de 11 tipos de procedimentos cirúrgicos e 1.500 usuários contemplados.

A expectativa da secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, é a de que em março a vacinação dos trabalhadores tenha avançado efetivamente, viabilizando o recomeço dos procedimentos. “A pandemia nos gerou duas distorções: pacientes que estavam com solicitações no sistema de cirurgias eletivas, mas que não foram realizadas por causa da crise sanitária e pacientes que não estão ainda conseguindo acessar a oferta de consultas. Então precisamos sanar essas duas situações”, declarou a secretária.

Como solução, a SES publicou edital de credenciamento para atendimento integral dos pacientes, disponibilizando a consulta, os exames pré-operatórios, a realização do procedimento e a consulta pós-operatória, como informou a Diretoria de Gestão de Sistema da SES, acrescentando que dentre os procedimentos oferecidos estão colecistectomia, hemorroidectomia, hernioplastia epigástrica, hernioplastia inguinal crural, hernioplastia incisional, hernioplastia recidivante, hernioplastia inguinal bilateral, histerectomia total, histerectomia com anexectomia (uni-bilateral) e histerectomia .

A pactuação desta sexta-feira, diz respeito à participação imprescindível dos municípios que são os responsáveis pelo acolhimento dos pacientes e encaminhamento aos exames e às cirurgias. Foi discutido o papel do Estado e dos municípios no processo de retomada das cirurgias eletivas, entendendo que à SES cabe disponibilizar o acesso ao paciente e às Secretarias Municipais de Saúde de fazerem com que o paciente seja atendido.

A diretoria ainda destaca que as cirurgias foram suspensas em março de 2020, retomadas em outubro do mesmo ano e que desde então vêm acontecendo de acordo com a modulação da pandemia, em ritmo mais lento, mas não paralisadas. A reunião com os municípios aconteceu dentro do espaço do Colegiado Interfederativo Estadual (CIE) e contou com a participação do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Sergipe (Cosems).

Foto: Flávia Pacheco

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura de Salgado inicia pavimentação no Conjunto de Gileno
População de Telha ganha o Estádio “Caldeirão Mamaê”
Hemose convoca doadores para recompor estoques de sangue
Maria do Carmo lamenta alto índice de brasileiros na extrema pobreza