Aracaju, 31 de julho de 2021

‘Aracaju pela Vida’ já realizou 2,8 mil visitas domiciliares a pacientes com covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Implementado pela Prefeitura de Aracaju e executado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) há nove meses, o programa ‘Aracaju pela Vida’ já realizou 2.842 atendimentos, 324 testes rápidos e 812 coletas RT-PCR. Nesse período, nove pessoas necessitaram ser encaminhadas para internamento.

Os pacientes assistidos pelo ‘Aracaju pela Vida’ são selecionados a partir do MonitorAju. De acordo com a coordenadora do programa, Sindaya Belfort, são usuários que já foram atendidos e estão cumprindo isolamento domiciliar com exames confirmados ou suspeitos de infecção pela covid-19 e com riscos de agravamento, como idosos ou pessoas com algum tipo de comorbidade.

“O programa é composto por oito equipes multiprofissionais, formadas por médico, enfermeiro e agente de saúde local. As equipes realizam as visitas de segunda a sexta-feira, no horário das 7h às 17h, no mesmo expediente das Unidades Básicas de Saúde. Não existe um quantitativo fixo de atendimentos, visto que depende da localidade e de pacientes que lá residem, mas as equipes realizam entre 12 e 15 atendimentos por turno”, destaca.

Busca ativa

O Aracaju pela Vida é uma busca ativa por pessoas infectadas, porque o risco de contaminação seria maior se essas pessoas saíssem de suas casas para as unidades de saúde.

“Com o programa, a gente consegue expor menos pessoas contaminadas nas ruas, ocasionando uma menor probabilidade de o vírus circular. O nosso objetivo é reduzir ao máximo o número de complicações por covid-19 e consequentemente a necessidade de internamento”, afirma Sindaya.

Cuidados básicos

A coordenadora chama a atenção para a importância das pessoas se conscientizarem no sentido de evitar aglomerações, respeitar o distanciamento social e o mais importante: cumprir a quarentena em casa.

“Queremos reforçar a importância do isolamento domiciliar. As pessoas estão circulando muito nas ruas, inclusive, pessoas que testaram positivo e isso é um risco muito grande. Pode não ser um risco para a pessoa que é, em tese, mais jovem ou que não tem comorbidades, mas é perigoso para outras pessoas. Não se deve pensar individualmente, mas coletivamente, respeitando distanciamento social e utilizando máscara, além de cumprir o período de quarentena”, conclui.

Atendimento Covid

Desde o início da pandemia, a Prefeitura vem atuando para fortalecer a rede de assistência à população. Atualmente, a Secretaria Municipal da Saúde dispõe de quatro Unidades Básicas de Saúde exclusivas para síndrome gripal, com atendimento de domingo a domingo, das 7h às 19h, que são as UBS: Onésimo Pinto (Jardim Centenário), Geraldo Magela (Orlando Dantas), Ministro Costa Cavalcante (Inácio Barbosa) e José Machado (Santos Dumont).

Casos mais graves podem receber atendimento nas portas de urgência e emergência das Unidades de Pronto Atendimento Fernando Franco (zona Sul) e Nestor Piva (zona Norte), que contam com contêineres instalados para atendimento exclusivo 24h.

Vacinação

O Programa Aracaju pela Vida também está realizando a vacinação dos idosos acamados com 90 anos ou mais que não possuem vínculo com a Unidade Básica de Saúde. Até o momento, dos idosos acamados cadastrados pelo site da Prefeitura, 37 foram incluídos no cronograma de vacinação pelo Programa Aracaju pela Vida.

Foto: Marcelle Cristinne

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa