Aracaju, 4 de agosto de 2021

Governo de Sergipe assina contrato com a Decolar para promover o turismo 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Governo de Sergipe assinou na manhã desta segunda-feira, 22, um contrato com a Decolar para promover o destino nas plataformas digitais e buscar aumentar as vendas de pacotes turísticos para Sergipe.

A assinatura foi realizada pelo Secretário de Estado do Turismo, Sales Neto, e a diretora de Advertising e Assuntos Corporativos da Decolar, Bruna Milet .

“A Decolar é uma das maiores plataformas de vendas de produtos turísticos do mundo e está presente em 20 países investindo milhões de dólares em tecnologia. O objetivo desse acordo comercial é que eles priorizem o destino Sergipe nas suas prateleiras”, informou o secretário.

No acordo, ficou acertado que a cada real investido pelo Governo do Estado na ação promocional a Decolar vai dobrar o investimento, ou seja, vai investir junto com o destino para obter um maior retorno. “É o que chamamos de mídia compartilhada. A gente investe e eles também investem com o intuito de fortalecer os canais de venda”, explicou o secretário.

“Acreditamos na força de vendas da Decolar. Sergipe entra nesse circuito para buscar ampliar as vendas para o nosso destino que é maravilhoso, mas precisa muito desse trabalho de promoção e divulgação para se tornar um destino mais conhecido e mais vendido”, disse Sales Neto que fez questão de salientar que esse projeto só está sendo possível devido ao apoio do governador Belivaldo Chagas, “pois ele tem a exata dimensão da importância do Turismo para a economia do nosso estado”, finalizou.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Deputado questiona insucesso de ações de sindicatos no TJ/SE
Incêndio destrói galpão de fábrica de tecidos no município de Tobias Barreto
Sistema Fecomércio presta consultoria às empresas sobre LGPD
SES diz que Sergipe vai receber mais de 41 mil doses de vacina contra a Covid-19